sicnot

Perfil

Mundo

Jovem afegã escapa de casamento arranjado ao fazer vídeo de rap

Uma jovem afegã escapou de um casamento arranjado depois de colocar na Internet um vídeo em que cantava rap, chamando a atenção de uma ONG que lhe conseguiu uma bolsa para estudar nos Estados Unidos, divulgou hoje a imprensa brasileira.

© Toby Melville / Reuters

A jovem afegã Sonita Alizadeh contou ao site de notícias G1, por e-mail, que aos 10 anos ouviu pela primeira vez que "a sua família negociava o seu casamento com um primo, mas a união não foi adiante".

Ainda criança, a sua família saiu do Afeganistão para fugir dos talibãs e mudou-se para o Irão. Naquele país, por volta dos 15 anos, começou a compor, tendo como influências o rapper Eminem e a cantora iraniana Yas.

Depois de ouvir da sua mãe, pela segunda vez, que se casaria aos 16 anos, gravou um vídeo intitulado "Filhas à venda", com a ajuda de um realizador de cinema que se interessou pela sua história, tendo sido postado posteriormente no YouTube.

O vídeo, gravado clandestinamente, chamou a atenção da organização não-governamental Strongheart, que conseguiu uma bolsa para a jovem estudar numa escola do Utah, nos Estados Unidos, onde está desde janeiro.

Sonita disse ao G1 que não guarda ressentimentos das decisões da sua mãe.

"Eu sei que não é culpa dela. Estava a seguir uma tradição e fazer o que era esperado. Também sentiu que precisava de dinheiro e eu entendo isso. Mas, finalmente, ela escutou-me e agora ela vê o meu valor e apoia-me. Isso é muito forte da parte dela e eu sou grata", declarou.

Sonita prepara-se para gravar a sua música mais conhecida em inglês e novas canções sobre o direito das mulheres nas duas línguas. A amizade com o realizador de cinema rendeu um documentário sobre sua vida no Irão, que estreia em novembro na Europa.

Lusa

  • Costa desvaloriza ameaça e mantém planos de visita a Angola
    2:27

    Economia

    O governo angolano reagiu duramente à acusação do Ministério público portugues contra o vice-presidente de Angola. Luanda diz que a acusação é um sério ataque à República de Angola que pode perturbar as relações entre os dois paises. António Costa desvaloriza a ameaça e mantém os planos de uma visita a Angola na primavera.

  • Ferro Rodrigues desvaloriza críticas do CDS
    3:24

    Caso CGD

    Marcelo Rebelo de Sousa fez questão de receber em público Ferro Rodrigues antes de um almoço com o presidente da Assembleia da República. O Presidente também recebeu a representante do CDS-PP, Assunção Cristas, que foi apresentar queixa de Ferro Rodrigues e da maioria de esqueda em relação à comissão de inquérito da Caixa Geral de Depósitos. Ferro Rodrigues desvalorizou as críticas.

  • Brasil já tirou o "pé do chão"
    1:59

    Mundo

    Já começaram os desfiles e festas de carnaval, no Rio de Janeiro.Esta sexta feira foi o início oficial das celebrações com centenas de milhar de pessoas nas ruas até de madrugada.

  • Luaty Beirão agredido em manifestação em Luanda
    1:27

    Mundo

    Luanda tem sido palco de várias manifestações contra a forma como está a decorrer o processo eleitoral em Angola. Esta sexta-feira, uma dessas manifestações acabou em confrontos com as autoridades. Entre os manifestantes estava o ativista Luaty Beirão.

  • Regime de Pyongyang nega envolvimento na morte de Kim Jong-nam 
    1:53

    Mundo

    A polícia da Malásia diz que o irmão do líder da Coreia do Norte foi morto com uma arma química. Os investigadores encontraram vestígios de gás VX no corpo de Kim Jong-nam, um gás letal proibido pelas convenções internacionais. O Governo da Coreia do Sul pediu esta sexta-feira ao regime de Pyongyang que admita que está por detrás da morte de Kim Jong-nam mas o mesmo já veio negar o envolvimento no assassinato. 

  • Atores de Hollywood contra Trump
    1:44

    Mundo

    Centenas de pessoas juntaram-se em mais um protesto contra o presidente dos Estados Unidos. A manifestação, em Beverly Hills, juntou várias estrelas de Hollywood.