sicnot

Perfil

Mundo

Parlamento Europeu anuncia hoje vencedor do Prémio Sakharov

O Parlamento Europeu (PE) anuncia hoje, em Estrasburgo, o vencedor do Prémio Sakharov 2015, galardão que distingue anualmente a liberdade de pensamento.

© Yannis Behrakis / Reuters

Os três finalistas são a oposição democrática na Venezuela, o bloguer saudita Raif Badawi, e o opositor russo Boris Nemtsov, a título póstumo.

Hoje, a conferência de líderes do PE escolhe o vencedor do galardão, que será entregue também em Estrasburgo, no dia 16 de dezembro.

A Mesa da Unidade Democrática, que congrega a oposição e presos políticos na Venezuela, foi formada em 2008 para unir a oposição ao partido do então Presidente Hugo Chávez.

Políticos e estudantes que integram a Mesa foram entretanto condenados a penas de prisão por exercerem o seu direito à liberdade.

O bloguer saudita Raif Badawi, autor do site Free Saudi Liberals, foi sentenciado a dez anos de prisão, mil chibatadas e uma multa por insultar valores islâmicos.

O físico e opositor russo Boris Nemtsov foi assassinado em Moscovo, em fevereiro.

O Prémio Sakharov, no valor de 50 mil euros, foi entregue, em 2014 ao ginecologista congolês Denis Mukwege, especializado no tratamento de mulheres vítimas de violência em África.

Nelson Mandela e o dissidente soviético Anatoly Marchenko (a título póstumo) foram os primeiros galardoados, em 1988.

Em 1999, o galardão foi entregue a Xanana Gusmão (Timor-Leste) e, em 2001, ao bispo Zacarias Kamwenho (Angola).

Lusa

  • Deputado do PS abandona partido e pode colocar em causa maioria parlamentar
    2:28

    País

    Domingos Pereira foi o deputado eleito pelo círculo de Braga. Agora vai demitir-se do Partido Socialista e entregar o cartão de militante. Contudo, mantém-se no Parlamento, passando assim a deputado independente na Assembleia da República. Esta saída pode colocar em causa a maioria parlamentar quando o PCP se abstiver.

    Notícia SIC

  • Ator morre baleado durante gravações de videoclip na Austrália

    Mundo

    Um ator morreu depois de ter sido baleado durante as gravações de um videoclip da banda Bliss n Eso, na cidade australiana de Brisbane. A vítima foi identificada como Johann Ofner, de 28 anos. O homem chegou a receber a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos.