sicnot

Perfil

Mundo

China adverte EUA para conflito caso mantenha incursões às ilhas Spratly

O chefe da Marinha da China advertiu o homólogo norte-americano que se Washington continuar a enviar navios militares para as águas do Mar do Sul da China poder-se-á gerar "um incidente menor" capaz de provocar uma "guerra".

© China Daily China Daily Infor

Os almirantes Wu Shengli e John Richardson falaram, esta noite, através de videoconferência, tendo discutido a presença, na passada terça-feira, do contratorpedeiro USS Lassen em águas próximas do recife Subim nas disputadas ilhas Spratly, cuja soberania é reclamada (e exercida) por Pequim.

"Se os Estados Unidos continuarem com este tipo de atos perigosos e provocativos poder-se verificar uma situação premente entre as forças de primeira de mar e ar de ambos os lados, ou inclusive um incidente menor que provoque uma guerra", advertiu Wu Shengli durante a conversa, segundo indica um comunicado divulgado hoje pela Marinha da China.

O mesmo responsável sublinhou que espera que os Estados Unidos tenham em linha de conta a "situação positiva" atual entre as Marinhas dos dois países, "que não se alcançou facilmente", e que, portanto, "evite que este tipo de incidente se repita", refere a nota oficial.

Wu Shengli transmitiu a John Richardson a "profunda preocupação" causada em Pequim pela presença do navio militar, e de aviões de escolta, no perímetro de doze milhas náuticas de distância das ilhas artificiais construídas por Pequim no arquipélago das Spratly.

A zona de 12 milhas marítimas (22 quilómetros) é reconhecida internacionalmente como a área em que qualquer Estado costeiro pode aplicar a sua soberania, quer no ar quer no mar.

A conversa entre os dois tinha sido revelada anteriormente por uma fonte da Marinha norte-americana, sob a condição de anonimato, mas o conteúdo da conversa não tinha sido divulgado.

Essa fonte, citada pela AFP, referiu até que o chefe das forças dos EUA no Pacífico, o almirante Harry Harris, vai visitar a China, numa deslocação "planeada há bastante tempo", mas sem adiantar detalhes sobre a data, duração ou programa da visita.

"Foi profissional e produtiva", disse, por outro lado, o tenente Tim Hawkins, um porta-voz da Marinha dos EUA, igualmente sem especificar o conteúdo da conversa.

Pequim tem aumentado, nos últimos anos, a sua presença nas Spratly, um arquipélago rico em recursos marinhos e energéticos, reclamado total ou parcialmente, além da China, pelas Filipinas, Brunei, Malásia, Vietname e Taiwan.

Lusa

  • Os efeitos dos incêndios na natureza
    2:46

    País

    Cheias frequentes, erosão dos solos e contaminação dos rios e albufeiras são as previsões unânimes da comunidade científica para os próximos tempos, na sequência dos incêndios florestais. À SIC, o hidrobiólogo Adriano Bordalo Sá e o investigador de recursos florestais Rui Cortes alertam: é necessário começar a tratar da terra queimada o mais rapidamente possível.

  • Tudo o que precisa saber sobre a moção de censura

    País

    O Governo minoritário do PS enfrenta esta terça-feira a sua primeira moção de censura, a 29.ª em 43 anos de democracia, mas PCP, BE e PEV já anunciaram que vai "chumbar" a iniciativa do CDS-PP. Esta é a sétima moção de censura apresentada pelo CDS-PP e a 29.ª a ser discutida na Assembleia da República. Os três partidos de esquerda que têm apoiado o executivo, PCP, BE e PEV, já anunciaram que votam contra. Com os votos do PS, a moção é chumbada.

  • Os melhores do mundo pela FIFA da última década

    Desporto

    O português Cristiano Ronaldo e o argentino Lionel Messi têm repartido de forma igual os prémios de melhor jogador do mundo pela FIFA, na última década. Apesar destes dois nomes serem os mais falados, muitos outros jogadores foram nomeados para o prémio. Conheça a lista dos nomeados e dos vencedores desde 2007.

  • O preconceito em relação aos transexuais
    34:09
  • "Isto destrói famílias"
    0:46
  • Falta de gado ameaça produção do queijo da Serra da Estrela
    3:35

    País

    A devastação provocada pelos últimos incêndios foi um rude golpe na economia da região Centro do país. Algumas empresas já começaram os trabalhos de reconstrução, mas os produtores de gado temem não conseguir repôr os animais, deixando em risco a produção do queijo Serra da Estrela.

  • Eurodeputados homenageiam vítimas dos fogos
    1:38

    País

    A União Europeia vai doar os 50 mil euros do prémio Princesa das Astúrias às populações afetadas pelos incêndios em Portugal e Espanha. A Comissão Europeia continua a avaliar o pedido ao Fundo Europeu de Solidariedade, mas o pedido deverá ainda ser atualizado para incluir os prejuízos causados pelos incêndios da semana passada.