sicnot

Perfil

Mundo

Colapso parcial de edifício em Nova Iorque faz um morto

Um pessoa morreu esta sexta-feira devido ao colapso parcial de um prédio, em Nova Iorque, nos Estados Unidos.

Um outro operário ficou preso nos escombros, mas já esteve em contacto com as equipas de salvamento.

Um outro operário ficou preso nos escombros, mas já esteve em contacto com as equipas de salvamento.

© Brendan McDermid / Reuters

A vítima é um trabalhador da construção civil. Um outro operário ficou preso nos escombros, mas já esteve em contacto com as equipas de salvamento.

O prédio, com oito andares, estava a ser alvo de obras de demolição, para ser convertido num hotel de luxo com 27 pisos.

As causas do acidente ainda não foram identificadas. A polícia montou um cordão de segurança para isolar a área.

  • Pelo menos 12 feridos no colapso de um prédio nos Estados Unidos
    0:46

    Mundo

    Pelo menos 12 pessoas ficaram feridas no colapso de um prédio no bairro de East Village, em Manhattan, Estados Unidos. As imagens de um videoamador mostram o fogo a consumir o prédio. O edifício, de cinco andares, desabou após o incêndio ter deflagrado no rés-do-chão. As chamas foram, entretanto, extintas pelos bombeiros. Até ao momento, há registo de 12 feridos, pelo menos três em estado crítico, disse um porta-voz da polícia de Nova Iorque. Na origem do incêndio pode estar uma fuga de gás.<

  • Colapso de prédio de nove andares na China sem registo de mortos
    1:24

    Mundo

    Um prédio de nove andares colapsou numa província no sudoeste da China. Não há registo de mortes, mas 14 pessoas foram resgatadas do edifício. As autoridades não conseguiram apurar se ainda há alguém preso nos escombros, 114 pessoas moravam nos 35 apartamentos do prédio. A população diz que a causa do colapso está na chuva torrencial, que ontem causou um deslizamento de terras junto ao edifício.

  • Ministra do Mar não aceita suspensão da pesca da sardinha
    2:39

    Economia

    O organismo científico que aconselha a Comissão Europeia em matéria de pescas recomendou esta sexta-feira que Portugal e Espanha não pesquem sardinha no próximo ano. A Ministra do Mar não aceita esta recomendação de capturas zero e vai propor uma redução do limite de capturas de sardinha das 17 mil toneladas deste ano para cerca de 14 mil em 2018.