sicnot

Perfil

Mundo

EUA enviam "pequeno efetivo" de forças especiais para a Síria

Os Estados Unidos vão enviar efetivos das forças especiais para o norte da Síria onde vão participar, no terreno, no esforço de guerra contra o grupo Estado Islâmico (EI), indicou esta sexta-feira um responsável norte-americano.

(Arquivo)

(Arquivo)

© Rafael Marchante / Reuters

"O Presidente [Barack Obama] autorizou o envio de um pequeno efetivo, menos de 50, de forças de operações especiais americanas no norte da Síria", referiu o funcionário da administração dos EUA em declarações à agência noticiosa francesa AFP.

Estes soldados de elite enviados para território da Síria "vão ajudar a coordenar as tropas locais no terreno e os esforços da coligação para contrariar o EI", acrescentou o mesmo responsável sem fornecer mais detalhes.

Em simultâneo, um outro funcionário da administração da Casa Branca confirmou que o exército norte-americano vai deslocar para uma base militar turca aviões de ataque ao solo A-10 e caças F-15, ainda no âmbito da ofensiva da coligação internacional contra o grupo 'jihadista' EI.

Lusa

  • Luís Pina indiciado por quatro crimes de tentativa de homicídio
    1:41
  • Líderes europeus unidos para iniciar saída do Reino Unido
    2:08
  • 100 dias de Trump em 04'30''
    4:33

    Pequenas grandes histórias

    Donald Trump tomou posse como 45º Presidente dos EUA dia 20 de janeiro de 2017, faz este sábado, 100 dias. Prometeu grandes mudanças, mas os planos acabaram por chocar de frente com a realidade e a burocracia de Washington, como foi o caso do Obamacare. Foi a primeira ordem executiva que assinou, no dia em que tomou posse, mas a revogação está longe de acontecer.

  • A SIC visitou os bastidores do Santuário de Fátima
    7:43
  • Ministro "mais descansado" com relatório sobre Almaraz, ambientalistas contestam
    2:01

    País

    O ministro do Ambiente diz estar mais descansado depois de conhecer o relatório técnico que considera o armazém de resíduos nucleares em Almaraz uma solução adequada. Já as associações ambientalistas e os partidos criticam o parecer positivo à construção e querem ouvir os ministros do Ambiente e dos Negócios Estrangeiros no Parlamento.

  • Marcelo recebido por multidão na Ovibeja
    2:52