sicnot

Perfil

Mundo

ONU considera que cortes na emissão de gases são "insuficientes"

A ONU considerou hoje que as reduções de gases poluentes da atmosfera a que os países se comprometeram voluntariamente são "insuficientes" para limitar a subida da temperatura global a valores inferiores a dois graus centígrados.

Um graffiti de um peixe morto desenhado numa das zonas do reservatório Jaquari, em São Paulo. A seca têm afetado intensamente a região brasileira.

Um graffiti de um peixe morto desenhado numa das zonas do reservatório Jaquari, em São Paulo. A seca têm afetado intensamente a região brasileira.

© STRINGER Brazil / Reuters

O aviso veio da secretária-geral da Convenção Quadro das Nações Unidas sobre Alterações Climáticas (UNFCCC, na sigla inglesa), Christiana Figueres, ao apresentar, em Berlim, o resumo dos planos nacionais, de 146 países, para combater o aquecimento global.

Figueres, citada pela agência EFE, explicou que, se a comunidade internacional não agir em conjunto e determinadamente, as temperaturas médias globais poderão subir entre quatro a cinco graus centígrados até 2100, tendo por base as estimativas feitas recentemente pela Agência Internacional da Energia (AIE).

A responsável da UNFCCC salientou que, mesmo que os 146 países implementem totalmente as medidas que aprovaram, a subida das temperaturas atingirá os 2,7 graus, o que significa que os cortes propostos são "insuficientes".

"É uma boa notícia, um passo muito bom e notável na direção correta para travar a subida das temperaturas e trazê-la para a linha de defesa dos dois graus, mas é ainda insuficiente", alertou.

Figueres, no entanto, destacou o "compromisso verdadeiramente sem precedentes" da comunidade internacional, já que todos os países industrializados, "sem exceção", bem como 75% dos emergentes, apresentaram planos para a redução de emissões de gases com efeito de estufa, "feito histórico".

O relatório síntese sobre o efeito conjunto das contribuições determinadas nacionalmente, apresentado por Figueres, surge a cerca de um mês do início da Cimeira sobre o Clima, que decorrerá em Paris, e em que se pretende alcançar um acordo global e vinculativo para o combate às alterações climáticas.

Lusa

  • SIC faz-se à estrada para ouvir eleitores
    2:13
  • Furacão Maria ameaça Ilhas Virgens e Porto Rico

    Mundo

    O furacão Maria "potencialmente catastrófico" está a ameaçar as Ilhas Virgens e o Porto Rico, depois de esta terça-feira ter semeado a destruição na Dominica e provocado um morto e dois desaparecidos na ilha francesa de Guadalupe.

  • Pistolas Nerf podem causar graves lesões nos olhos

    Mundo

    As balas das pistolas Nerf, quando atingem os olhos, podem causar graves lesões. O aviso é de um grupo de médicos de Londres, que recomenda a utilização de óculos protetores e o aumento da idade mínima para a utilização dos brinquedos.

    SIC

  • Investigadores descobrem como transformar gordura "má" em gordura "boa"

    Mundo

    Uma equipa de investigadores da Universidade de Washington, Estados Unidos, descobriu como converter a gordura corporal "má" em gordura "boa", permitindo queimar mais calorias e atrasar o aumento de peso, num estudo conduzido em ratos. Estes resultados abrem caminho para a possibilidade de desenvolver tratamentos mais eficazes para a obesidade e para a diabetes associada ao aumento de peso em pessoas, segundo os autores.

  • Escola na Croácia usa imagem de Melania Trump para chamar alunos

    Mundo

    "Imagine até onde pode ir com um pouco de inglês", foi com estas palavras que uma escola de inglês da Croácia decidiu promover as suas aulas, juntando ainda a fotografia de Melania Trump ao placard do anúncio. Agora, a primeira-dama norte-americana ameaça levar o Instituo Americki a tribunal. Entretanto, o placard já foi retirado do local.

    SIC