sicnot

Perfil

Mundo

130 migrantes encontrados em contentor frigorífico na Bulgária

Cerca de 130 emigrantes, que se supõe maioritariamente sírios, foram descobertos dentro de um contentor frigorífico na Bulgária, próximo da fronteira com a Turquia, indicou hoje o Ministério do Interior búlgaro, acrescentando que o condutor foi detido.

(Arquivo)

(Arquivo)

© Stoyan Nenov / Reuters

Uma porta-voz do ministério indicou que, dentro do contentor, transportado por um camião, foram resgatados 38 homens, 33 mulheres e 58 crianças, escondidos atrás de uma palete de caixas de água gaseificada junto à fronteira turco-búlgara, acrescentando que o estado de saúde dos migrantes não inspira cuidados.

O ministério búlgaro, porém, não adiantou o que sucedeu depois aos migrantes.

O caso registado junto à fronteira entre a Bulgária e a Turquia, segundo a agência France Presse, relembra os trágicos acontecimentos de agosto último, quando 71 migrantes foram encontrados mortos, congelados, dentro de um camião frigorífico na Áustria.

As autoridades búlgaras têm detido diariamente uma média de 100 migrantes, que tentam utilizar a Bulgária como país de trânsito, sobretudo para a Alemanha.

Lusa

  • Marcelo promete entregar carta de menina com paralisia cerebral ao primeiro-ministro
    3:05

    País

    O Presidente da República está preocupado com os cuidadores dos cidadãos que precisam de cuidados paliativos. No Dia Internacional das Pessoas com Deficiência, que se assinalou este sábado, Marcelo Rebelo de Sousa visitou a Casa do Tejo, em Algés, onde três famílias de crianças com paralisia cerebral e outros problemas de saúde são recebidas em conjunto com os pais para que toda a famíla possa receber apoio de técnicos especializados. O Presidente recebeu uma carta de uma menina de 5 anos, com paralisia cerebral, e prometeu que a vai entregar ao primeiro-ministro, para que seja aberta uma porta legislativa mais larga para os problemas das pessoas deficientes.

  • O impacto e as consequências do referendo em Itália
    1:02