sicnot

Perfil

Mundo

Amnistia Internacional lança campanha de combate à violência contra mulheres

A Amnistia Internacional (AI) lançou hoje uma campanha para combater a violência contra as mulheres, jovens e meninas a nível laboral, escolar, comunitário e familiar no México.

© Edgard Garrido / Reuters

A AI indicou, em comunicado, que apesar da criação de um quadro jurídico para fazer frente aos assassinatos de mulheres, dados das Nações Unidas indicam que em 2013 morreram 2.502, alegamente, por homicídio, o equivalente a sete mulheres assassinadas por dia no México.

"Com frequência, os casos de homicídios de mulheres não se investigam como tal e não são tratados adequadamente pela justiça, gerando um padrão de impunidade", advertiu a organização.

Perseo Quiroz, diretor executivo da AI México, destacou que as autoridades falharam em adotar medidas legais e administrativas para melhorar a prevenção, proteção e investigação da violência do género no país.

"Há uma necessidade urgente de preencher a lacuna entre a lei e a realidade e acabar com os assassinatos de mulheres", afirmou.

Lusa

  • SAD do Benfica duplica lucros

    Desporto

    O Benfica fechou a época passada com lucros de 44,5 milhões de euros, mais do dobro do registado na época anterior. São os mais elevados de que há registo.

  • Peritos mundiais debatem doenças neurodegenerativas em Lisboa
    3:04
  • "O Benfica é atacado e não há ninguém que fale e que dê a cara?"
    6:05
    O Dia Seguinte

    O Dia Seguinte

    2ªFEIRA 21:50

    Depois do artigo publicado no blog "Geração Benfica", Rui Gomes da Silva reiterou esta segunda-feira, em O Dia Seguinte da SIC Notícias, algumas das críticas à estrutura do clube. O antigo vice-presidente do Benfica defendeu Luís Filipe Vieira, Rui Vitória e Nuno Gomes. E acusou novamente Rui Costa de passividade e os vice-presidentes de não darem a cara. 

  • Governo aconselha pais a fazerem queixa de manuais em mau estado
    2:31
  • Acha que este padre sabe dançar?
    2:22