sicnot

Perfil

Mundo

Composição química do Mar Glaciar Antártico vai alterar-se

A composição química do Mar Glaciar Antártico vai alterar-se rapidamente devido ao aumento da concentração de dióxido de carbono na atmosfera, e as pequenas criaturas, que formam a base da cadeia alimentar, desaparecerão devido à acidificação da água.

© NASA NASA / Reuters

Uma nova investigação feita por equipas das universidades norte-americanas de Havai e Alasca, publicado na edição de hoje da revista Nature Climate Change, refere que, para alguns organismos, o início desta situação crítica poderá ser fatal e, caso isso perdure, a sua "adaptação não será possível".

A pesquisa usa uma série de modelos para explorar as formas como a absorção de dióxido de carbono antrópico - gerada pela atividade do homem -- e a subsequente acidificação afetará o Mar Glaciar Ántártico no próximo século.

Um dos organismos marinhos ameaçados pela acidificação são moluscos pterópodes, caracóis minúsculos que servem de alimento básico para peixes, baleias e aves marinhas.

"O oceano atua como uma gigantesca esponja que absorve o excesso de dióxido de carbono da atmosfera. Esse processo consome iões carbonatos, necessário para alguns organismos possam construir e manter suas conchas de carbonato de cálcio", explicou Claudine Hauri, o pesquisador-chefe e oceanógrafo químico, que estuda a composição dos ambientes marinhos e as interações das espécies químicas com a atmosfera.

A "única maneira de mitigar o risco que a acidificação dos oceanos representa para a vida marinha e nossa fonte de alimento é reduzir as emissões de dióxido de carbono", concluiu o coautor do estudo Axel Timmermann, citado pela agência EFE.

Lusa

  • Dirigentes do GD Ribeirão acusados de auxílio à emigração ilegal
    1:34

    Desporto

    Oito dirigentes do Grupo Desportivo de Ribeirão, um clube de Vila Nova de Famalicão que fechou as portas em 2015, foram acusados pelo Ministério Público.Em causa, estão suspeitas de auxílio à emigração ilegal ou falsificação de documentos, relacionadas com transferências de jogadores estrangeiros em situação ilegal.

  • Capacetes Brancos agradecem Óscar para filme sobre a guerra na Síria
    1:34

    Óscares 2017

    O Óscar para melhor documentário curto foi atribuído a um filme sobre a guerra na Síria. "The White Helmets" retrata o trabalho dos Capacetes Brancos, uma equipa de voluntários que ajuda no salvamento e resgate de habitantes sírios atingidos pelo conflito no país. O Fundador dos Capacetes Brancos já veio fazer um agradecimento público pela atribuição deste galardão. Raed Saleh diz que é uma motivação para os voluntários que todos os dias arriscam a vida para salvar outras pessoas.

  • O primeiro eclipse solar do ano
    0:57
  • O Nokia 3310 está de volta
    1:16