sicnot

Perfil

Mundo

Merkel alerta para possíveis conflitos armados nos Balcãs

A chanceler alemã, Angela Merkel, alertou hoje para possíveis conflitos armados nos Balcãs, por onde passa a maioria dos refugiados, perante a hipótese de a Alemanha vir a encerrar a sua fronteira com a Áustria.

reuters

"Nos últimos tempos, a tensão entre os países ocidentais dos Balcãs já se começou a sentir não queremos que esses conflitos cheguem a confrontos militares", afirmou a responsável alemã, na segunda-feira à noite.

Vários especialistas têm alertado que, se a Alemanha - principal destino dos migrantes, em especial dos que fogem da guerra na Síria -, fechar a sua fronteira com a Áustria, os países dos Balcãs vão acabar por fazer o mesmo.

No final de outubro, a União Europeia (EU) anunciou a criação de 100 mil vagas para acolher refugiados na Grécia e nos Balcãs, a fim de conter a crise migratória sem precedentes que provocou tensões entre a Eslovénia, Croácia, Sérvia e Hungria.

Dentro da Alemanha, a questão dos refugiados também está a dividir a coligação conservadores/social-democratas, que não conseguiu chegar a acordo na reunião realizada no passado domingo.

Entretanto, está marcada uma nova ronda de negociações para quinta-feira, que se deverá debruçar na criação, imaginada pelos conservadores, de "zonas de trânsito" na fronteira germano-austríaca para acelerar a revisão dos registos e despejos, uma ideia já rejeitada pelo Partido Social Democrata.

Merkel garantiu que, caso a reunião não colmine em acordo, que vão continuar a negociar.

"Esta não é a primeira vez que temos de convencer os social-democratas da justeza das coisas", afirmou.

  • Marcelo na peregrinação de Nossa Senhora de Fátima no Luxemburgo

    Mundo

    O Presidente da República participou esta quinta-feira, a título privado, na peregrinação em honra de Nossa Senhora de Fátima, na cidade luxemburguesa de Wiltz. Milhares de portugueses receberam Marcelo Rebelo de Sousa, que assistiu à missa e, durante alguns minutos, participou na procissão.

  • Trump empurra líder do Montenegro para ficar à frente na fotografia

    Mundo

    A reunião de líderes dos Estados-membros da NATO, que decorreu esta quinta-feira em Bruxelas, na Bélgica, ficou marcada por um momento insólito em que o Presidente norte-americano não quis abdicar de ficar no melhor plano possível nas fotografias de grupo. Nem que para isso tenha sido necessário empurar o líder de outro país.

  • Porque é que Melania e Ivanka vestiram preto para conhecer o Papa

    Mundo

    Melania e Ivanka chegaram ao Vaticano de preto, uma escolha muito questionada. De vestidos longos e véus, as mulheres Trump seguiram assim o dress code aconselhado nas audiências com o Papa. Também Michelle Obama usou uma vestimenta do género, em 2009, quando visitou Bento XVI.