sicnot

Perfil

Mundo

Ministério Público sul-africano pede condenação de Oscar Pistorius a 15 anos

O Ministério Público sul-africano pediu hoje ao Supremo Tribunal a condenação de Oscar Pistorius por homicídio e a sua colocação na cadeia, duas semanas depois de ter sido declarada a prisão domiciliar do atleta.

reuters

Oscar Pistorius foi condenado a cinco anos de prisão por ter matado a tiro a namorada, Reeva Steenkamp, através da porta trancada da casa de banho, alegadamente por a ter confundido com um intruso, em 2013.

No Supremo Tribunal da África do Sul, a acusação do Ministério Público tentou convencer os juízes de que Pistorius deverá ser considerado culpado pelo homicídio e que a sua sentença deverá ser de, no minino, 15 anos de prisão.

O procurador Gerrie Nel iniciou o caso argumentando que Pistorius tinha intenção de matar a namorada.

Um painel de cinco jurados vai ouvir os argumentos da acusação e da defesa e depois anunciar uma data para entregar a sua decisão.

No local estavam várias pessoas que se manifestaram contra o atleta.

"Estamos a dizer que ele deve ficar na prisão", afirmou Khosi Mojapi, fora do edifício do tribunal.

Várias pessoas revindicaram os direitos das mulheres e afirmaram que estavam presentes para garantir que o "abuso das mulheres" vai acabar.

Caso venha a ser considerado culpado, Pistorius deverá regressar à prisão nas 48 horas seguintes.

A família de Reeva Steenkamp já afirmou que gostaria de se reunir com Pistorius para conseguir entender melhor as circusntãcias da sua morte.

  • Daesh transforma drones em bombardeiros 

    Daesh

    As estratégias de combate do Daesh têm vindo a sofrer alterações, bem como a capacidade das forças militares iraquianas para confrontar e derrotar o inimigo. De acordo com o responsável do Exército dos EUA Brett Sylvia, comandante militar no Iraque, a tática mais recente desenvolvida pelo Daesh consiste em usar drones de uso comercial em pequenos bombardeiros, capazes de transportar e lançar granadas.

  • PSD e CDS têm caminhos diferentes
    1:22

    País

    Assunção Cristas já respondeu a Pedro Passos Coelho, depois de o líder do PSD ter recusado apoiar a candidatura da líder do CDS à Câmara de Lisboa. Cristas diz que os dois partidos têm caminhos diferentes. O PSD continua sem apresentar candidato. Contudo, Marques Mendes revelou que Passos Coelho convidou José Eduardo Moniz a candidatar-se à Câmara de Lisboa.