sicnot

Perfil

Mundo

Crianças que crescem com cães têm menor probabilidade de desenvolver asma

As crianças que crescem com cães têm 13% menos de hipótese de desenvolver asma do que aquelas que não vivem com cães, concluiu um estudo da Universidade de Uppsala, na Suécia.

© Eduardo Munoz / Reuters

Os investigadores analisaram dados de mais de um milhão de crianças suecas desde o nascimento, em 2001, até 2010. Tiveram em conta os antecedentes de asma na família, o estatuto sócio-económico e a presença de cães ou animais de quinta.

A convivência com cães no primeiro ano de vida diminuiu em 13% o risco de asma, enquanto que com animais de quinta esse risco diminuiu para 52%.

Estudo anteriores demonstraram que os cães numa casa alteravam as bactérias presentes no pó e que os ratinhos de laboratório expostos a este pó tinham menos reações alérgicas e apresentavam uma flora intestinal alterada. Mas este estudo sueco é o primeiro que faz a mesma relação com seres humanos.

"Sabemos que as crianças já com alergias a gatos e a cães devem evitar contacto, mas estes resultados indicam que as crianças que crescem com cães têm risco reduzido de asma mais tarde na vida", afirmou ao Huffington Post a principal autora deste estudo, a epidemiologista Catarina Almqvist Malmros do Karolinska Institutet.

  • Bomba encontrada na Nazaré pode ter sido largada durante 2.ª Guerra Mundial
    2:26

    País

    A bomba que esta segunda-feira veio nas redes de um arrastão na Nazaré já foi detonada. O engenho explosivo foi identificado como uma bomba de avião por especialistas da Marinha, que eliminaram também o perigo equivalente a 600 quilogramas de TNT. A bomba sem qualquer inscrição tinha um desgaste evidente e, segundo a Marinha, pode ter sido largada de um avião durante a 2.ª Guerra Mundial.

  • Derrocada de muro em Lisboa obriga à retirada de 40 pessoas de 5 prédios
    2:14

    País

    Os moradores de três prédios de Lisboa não podem regressar tão cedo a casa. Durante a madrugada, a derrocada de um muro obrigou à retirada de 40 pessoas de cinco edifícios. Um dos inquilinos sofreu ferimentos ligeiros. Entretanto, a maioria dos residentes já foi realojada em casas de familiares e num hotel.

  • "Geringonça" elogiada na Europa e EUA
    4:22

    País

    Num momento em que por cá se fala de claustrofobia democrática, a Europa e os Estados Unidos desdobram-se em elogios ao sucesso da maioria de Esquerda em Portugal. A palavra "geringonça" já tem até tradução em várias línguas.

  • ONU estima que mais 750 mil civis estejam em risco na cidade de Mossul
    1:39

    Mundo

    As Nações Unidas estimam que mais 750 mil civis estejam em risco na zona ocidental de Mossul, no Iraque. Mais de 10 mil pessoas fugiram da zona ocidental da cidade nos últimos quatro dias. Enquanto a população tenta escapar ao fogo cruzado, as forças iraquianas avançam sobre a cidade ainda controlada pelo Daesh.