sicnot

Perfil

Mundo

Japão quer distribuir medicamentos com drones em 2018

O Japão pretende implementar um sistema de distribuição de medicamentos através de 'drones' para abastecer zonas isoladas com escassas instalações médicas, numa operação a iniciar em 2018, informou hoje o diário económico Nikkei.

© Carlo Allegri / Reuters

Este sistema permitiria inicialmente que os aviões não tripulados transportassem medicamentos com receita, sangue para transfusões e outros produtos urgentes.

Para concretizar a ideia, o Governo japonês deverá expandir as bandas de frequência atualmente estabelecidas e aumentar a potência de saída das estações de redes sem fio.

Além disso, seria necessário aprovar uma nova legislação para regular as rotas dos drones e os produtos que se poderiam transportar.

Atualmente, a legislação japonesa proíbe o voo de drones sobre zonas residenciais habitadas sem autorização governamental e estabelece que distâncias mínimas que as aeronaves devem manter das pessoas e edifícios, mas não regula as rotas de voo.

O Japão não tinha legislação específica sobre drones até setembro último e a um homem ter operado um destes aparelhos com material radioativo até ao telhado da residência do primeiro-ministro, Shinzo Abe.

Abe e alguns ministros deverão reunir hoje com representantes de empresas como a Amazon e a Toyota Motor com o objetivo de impulsionar um novo sistema de distribuição de medicamentos com 'drones', acrescentou o Nikkei.

O gigante do comércio eletrónio Amazon começou em março do ano passado a testar a entrega de encomendas com o uso de aviões não tripulados em Miami (Estados Unidos), e a Walmart solicitou no final do mês passado autorização às autoridades norte-americanas para testar drones com este propósito.

Lusa

  • Cessar-fogo de 30 dias na Síria
    2:07

    Mundo

    O Conselho de Segurança das Nações Unidas chegou este sábado a acordo sobre o cessar-fogo na Síria, depois de três dias de intensas negociações para evitar o veto da Rússia. As tréguas vão durar 30 dias e permitir a entrada de ajuda humanitária em Ghouta Oriental, a região mais atingida pela guerra na Síria, nesta altura. Em apenas sete dias, os bombardeamentos do regime fizeram mais de 500 mortos.

  • Portugueses e espanhóis protestam em Salamanca contra mina de urânio
    0:38

    País

    O Bloco de esquerda desafia o Governo português a exigir às autoridades espanholas uma avaliação do impacto ambiental da mina de urânio a 40 quilómetros da fronteira portuguesa. Este caso está gerar contestação entre os ambientalistas. Várias associações portuguesas participaram este sábado numa manifestação em Salamanca. A Quercus diz-se preocupada com o impacto da mina de urânio no território português.

  • PS e PSD querem acordo sobre fundos e descentralização até ao verão
    3:07
  • Assalto a Tancos e roubo de armas da PSP podem estar relacionados
    1:24

    País

    O assalto a Tancos e o roubo de três armas da PSP, recuperadas na semana passada, podem estar relacionados. O semanário Expresso avança hoje que há suspeitos de terem participado nos dois assaltos e o grupo, ou parte dele, atua principalmente do Algarve, com possíveis ligações a outras organizações espalhadas pelo país ou até transacionais.

  • As gravações que provam que as autoridades conheciam o perfil violento de Nikolas Cruz
    1:35