sicnot

Perfil

Mundo

Presidente egípcio recebido em Londres com manifestações pró e contra

A visita do Presidente do Egito, Abdel Fattah al-Sissi, a Londres gerou hoje manifestações contra e a favor do regime egípcio, testemunhou a agência francesa AFP nas ruas da capital britânica.

O Presidente egípcio, Abdel Fattah al-Sissi.

O Presidente egípcio, Abdel Fattah al-Sissi.

© Amr Dalsh / Reuters

Segundo a AFP, cerca de 250 pessoas manifestaram-se hoje junto do número 10 de Downing Street (residência oficial e o escritório do primeiro-ministro do Reino Unido) para contestar a visita do Presidente egípcio à capital britânica, denunciando o clima de repressão que se vive no Egito e o golpe de Estado que colocou no poder o antigo chefe do exército egípcio.

No mesmo local, uma manifestação pró-Sissi reuniu cerca de 300 pessoas.

A polícia teve de intervir para conter as centenas de manifestantes que aguardavam a chegada de Abdel Fattah al-Sissi, que foi recebido em Downing Street pelo primeiro-ministro britânico, David Cameron.

"Sissi não é bem-vindo, não à repressão no Egito" era uma das frases exibidas nos cartazes erguidos pelos manifestantes do protesto contra Sissi.

Muitos dos manifestantes envergavam 't-shirts' e bandeiras que mostravam uma mão com quatro dedos, numa alusão ao massacre de manifestantes islamitas na praça Rabaa Al-Adawiya em 2013, pouco tempo depois do golpe de Estado do exército egípcio que derrubou o presidente Mohamed Morsi e colocou Abdel Fattah al-Sissi no poder.

"Ele tomou o poder com a espada e matou. O mundo inteiro tem de saber que ele é um assassino e que não merece ser Presidente", afirmou um homem identificado como Abu Hamza, de 55 anos.

"Não deveria almoçar com o primeiro-ministro, deveria estar na prisão", disse Anne Alexander, membro do movimento Iniciativa de Solidariedade Egito.

No mesmo local, vários manifestantes pró-Sissi exibiam cartazes com várias frases de apoio como "Bem-vindo Sissi, és o nosso Presidente".

Para Magdi Khalil, dono de um restaurante, "o Egito estava perdido".

"Íamos pelo mesmo caminho que a Síria e a Líbia. Sissi e os militares salvaram o país", reforçou o empresário de 50 anos.

"Os anti-Sissi são mentirosos e traidores (...) colocam bombas, atacam a polícia. Estou em Londres para fazer um tratamento depois de ter sido baleado numa perna. Eles estão a tentar destruir o país", acusou um manifestante pró-Sissi, em declarações à AFP, que preferiu não ser identificado.

Lusa

  • Presidente da Proteção Civil demitiu-se

    País

    O Presidente da Autoridade Nacional da Proteção Civil (ANPC), Joaquim Leitão, pediu esta quarta-feira a demissão com efeitos imediatos. A carta de demissão foi enviada para o Ministério da Administração Interna, no entanto, uma vez que a ministra também se demitiu, o documento seguiu para o gabinete do primeiro-ministro, António Costa.

  • Provavelmente o melhor golo da noite de Liga Europa
    1:24
  • Vitória de Guimarães mais longe dos 16 avos de final
    1:48
  • O perfil dos novos ministros
    3:22

    País

    Pedro Siza Vieira e Eduardo Cabrita são os dois novos ministros que tomam posse no próximo sábado. Ambos têm uma particularidade: são amigos de longa data do primeiro-ministro António Costa.

  • Não me parece o melhor princípio político, mas percebo que António Costa queira ter junto de si, sobretudo em tempos difíceis, os mais próximos. Os homens de confiança pessoal e política. Em plena tempestade, o primeiro-ministro chamou dois amigos de longa data, ex-colegas da Faculdade de Direito, Eduardo Cabrita e Pedro Siza Vieira. E eles não disseram que não.

    Bernardo Ferrão

  • Fogos na Califórnia provocaram 42 mortos e perdas acima de mil milhões de dólares

    Mundo

    O comissário dos seguros da Califórnia afirmou esta quinta-feira que as perdas provocadas pelos incêndios que dizimaram extensas áreas deste Estado norte-americano excedem os mil milhões de dólares (844 milhões de euros). Estes incêndios, que começaram no condado de Sonoma County, já provocaram a morte a 42 pessoas no mês de outubro.

  • Quem está ao lado de Trump? Melania ou uma sósia?

    Mundo

    A especulação surgiu no Twitter: estaria Trump acompanhado de uma sósia de Melania para ocultar a ausência da mulher num evento oficial? A teoria da conspiração ganhou depois força nas redes sociais. Julgue por si mesmo.

    SIC

  • Norte-americano entrega-se após perder aposta com a polícia no Facebook

    Mundo

    Um jovem de 21 anos procurado pela polícia norte-americana entregou-se, esta segunda-feira, depois de perder uma aposta com a polícia, no Facebook. Michael Zaydel prometeu entregar-se se uma publicação sobre o seu desaparecimento chegasse às mil partilhas, na rede social. O jovem norte-americano prometeu ainda levar uma dúzia de donuts, caso os agentes da cidade de Redford conseguissem ganhar a aposta.

    SIC