sicnot

Perfil

Mundo

Prisioneiros brasileiros treinaram rato para transportar droga

A polícia apanhou um rato treinado numa prisão brasileira para transporte de droga, amarrada à cauda, disse hoje um funcionário do estabelecimento prisional do estado de Tocatins.

© Phil Noble / Reuters

A polícia apanhou o pequeno roedor cinzento com um gancho amarrado à cauda durante uma inspeção de rotina realizada na sexta-feira, explicou o diretor da prisão, Gean Carlos Gomes.

"Era tão manso que deixou que lhe fizessem festas na cabeça", disse Gomes.

"A polícia reparou que o rato seguiu da cela A para a cela C. Os prisioneiros amarravam um fio à sua cauda e utilizavam-nos para transportar drogas e outros objetos, incluindo cartões de telemóveis", explicou.

Na inspeção às celas, a polícia apanhou cocaína e cânhamo.

A polícia vai examinar as imagens das câmaras de segurança para tentar identificar o dono do rato, que foi posto em liberdade numa floresta perto da prisão.

Lusa

  • Advogados de Sócrates queixam-se de bullying processual e mediático
    2:13

    Operação Marquês

    Os advogados de José Sócrates queixam-se de bullying processual e mediático e garantem que o antigo primeiro-ministro nunca favoreceu Ricardo Salgado ou o Grupo Espirito Santo. Segundo o Expresso, o presidente da Escom, Helder Bataglia, terá admitido que Ricardo Salgado utilizou uma conta bancária do empresário, na Suíça, para passar 12 milhões de euros a Carlos Santos Silva, alegadamente para o amigo José Sócrates.

  • Marcelo diz que é hora de valorizar o poder local
    0:40

    País

    O Presidente da República diz que este é o momento para valorizar o poder local. Sobre a descida da Taxa Social Única, Marcelo Rebelo de Sousa recusou comentar e negou que haja crispação politica entre Governo e oposição.

  • Marine Le Pen diz que Brexit terá efeito dominó na UE
    0:39

    Brexit

    Marine Le Pen diz que o Brexit vai ter um efeito dominó na União Europeia. Durante um congresso da extrema-direita, a líder da Frente Nacional francesa afirmou que a Europa vai despertar este ano em que estão marcadas eleições em vários países, como a Alemanha e a Holanda.