sicnot

Perfil

Mundo

Prisioneiros brasileiros treinaram rato para transportar droga

A polícia apanhou um rato treinado numa prisão brasileira para transporte de droga, amarrada à cauda, disse hoje um funcionário do estabelecimento prisional do estado de Tocatins.

© Phil Noble / Reuters

A polícia apanhou o pequeno roedor cinzento com um gancho amarrado à cauda durante uma inspeção de rotina realizada na sexta-feira, explicou o diretor da prisão, Gean Carlos Gomes.

"Era tão manso que deixou que lhe fizessem festas na cabeça", disse Gomes.

"A polícia reparou que o rato seguiu da cela A para a cela C. Os prisioneiros amarravam um fio à sua cauda e utilizavam-nos para transportar drogas e outros objetos, incluindo cartões de telemóveis", explicou.

Na inspeção às celas, a polícia apanhou cocaína e cânhamo.

A polícia vai examinar as imagens das câmaras de segurança para tentar identificar o dono do rato, que foi posto em liberdade numa floresta perto da prisão.

Lusa

  • Passos Coelho pede desculpa aos portugueses
    3:35
  • População afetada pelo fogo tenta repor o que as chamas destruíram
    1:54
  • "Juntos por Todos" hoje no palco em Lisboa
  • Autarca garante que não houve "touros de fogo"

    País

    O presidente da Câmara de Benavente disse esta segunda-feira à Lusa que a atividade "touros de fogo" foi retirada do programa da Festa da Amizade depois de recebido um parecer desfavorável da Direção-Geral de Veterinária.

  • Esforço dos contribuintes para salvar bancos deve ser minimizado, diz Draghi
    1:49