sicnot

Perfil

Mundo

Egito impede voos britânicos em Sharm al-Sheikh

As autoridades egípcias estão a impedir a chegada a Sharm al-Sheikh de voos de companhias aéreas do Reino Unido para repatriar os turistas britânicos que estão na estância balnear, anunciou hoje a EasyJet. Estavam previstos para hoje a partida de 29 voos de Sharm al-Sheikh, de onde partiu o avião russo que explodiu durante o voo com 224 ocupantes.

© Asmaa Waguih / Reuters

"As autoridades egípcias suspenderam as aterragens das companhias britânicas em Sharm al-Sheikh. Isso significa que 8 dos 10 voos da EasyJet previstos [para hoje] não podem operar", revela a companhia em comunicado citado pela agência France Press.

Apenas dois voos da EasyJet vão partir - voo EZY9398 e voo EZY9854 - que estavam previstos para 4 de novembro.

Os outros oito voos previstos para hoje - dois regulares e seis suplementares, fretados para o repatriamento de britânicos - foram anulados.

Londres tinha suspendido todos os voos de companhias britânicas a partir de Sharm al-Sheikh no dia seguinte ao acidente, que no sábado passado provocou a morte de todos os passageiros e tripulação.

Cerca de 20 mil turistas britânicos continuam em Charm el-Cheikh e o Governo britânico anunciou que autorizava as transportadoras a efetuar voos de repatriamento a partir de hoje.

O Presidente norte-americano e o primeiro-ministro britânico admitiram na quinta-feira à noite que a queda do avião russo da MetroJet no Egito pode ter sido provocada pela explosão de uma bomba a bordo, alegadamente colocada pelo grupo radical Estado Islâmico.

Lusa

  • Três irmãos resgatados dos escombros em Itália
    1:24
  • Porto Editora acusada de discriminação
    2:55
  • Graça Fonseca, a primeira governante a assumir-se homossexual
    1:02

    País

    A secretária de Estado da Modernização Administrativa deu uma entrevista ao Diário de Notícias onde assume a sua homossexualidade. É a primeira vez que um governante português o faz. Graça Fonseca assume esta posição pública como uma "afirmação política".

  • Governo quer entregar OE 2018 a 13 de outubro
    1:33
  • Casa Branca isolada devido a pacote suspeito

    Mundo

    A Casa Branca foi esta terça-feira isolada devido à presença de um pacote suspeito junto a uma das vedações que limitam o edifício governamental norte-americano. A situação já foi normalizada e o objeto retirado do local.