sicnot

Perfil

Mundo

Facebook lança aplicação Notify com conteúdos de vários media

A rede social Facebook vai lançar na próxima semana o Notify, uma aplicação que inclui conteúdos de dezenas publicações, como do diário The Washington Post, da revista Vogue e da cadeia de televisão CBS, noticiou hoje a Efe.

O Facebook lança, na próxima semana, o Notify, uma aplicação que inclui conteúdos de vários meios de comunicação social.

O Facebook lança, na próxima semana, o Notify, uma aplicação que inclui conteúdos de vários meios de comunicação social.

© Dado Ruvic / Reuters

O diário britânico Financial Times foi o primeiro a informar o eventual lançamento, de que também fazem eco outros media, como a cadeia de televisão CNN.

Segundo a informação divulgada, e sobre a qual o Facebook não quis fazer comentários, o Notify incluirá conteúdos de meios de comunicação social impressos, digitais e empresas de produção de vídeo, como o canal de cabo norte-americano Comedy Central.

Entre os parceiros estão também o 'site' Mashable e a publicação sobre música Billboard.

A notícia sobre o lançamento da aplicação móvel de notícias acontece depois da rede social ter dito esta semana que mais de 894 milhões dos mais de 1.000 milhões de utilizadores que acedem diariamente à rede o fazem através de telemóvel, o que o torna num suporte prioritário.

A isso se soma que os anúncios em telemóveis já representam 78% do total das receitas publicitárias da empresa, que aumentaram 45,4% no terceiro trimestre, para 4.300 milhões de dólares.

Empresas como Facebook, Twitter e Google colocaram em marcha iniciativas para agilizar a distribuição digital dos conteúdos, o que poderá levar a um aumento das receitas publicitárias.

No mês passado, o Google anunciou uma aliança com 30 meios de comunicação social para criar o primeiro formato universal e de código aberto para publicar e distribuir conteúdos mais rapidamente através dos dispositivos móveis.

O Twitter introduziu em outubro o Moments, um projeto editorial que seleciona os conteúdos mais relevantes na rede social em tempo real.

A empresa Snapchat, uma aplicação popular entre os mais jovens, introduziu o Discover em janeiro, uma função de vídeo que teve êxito em conseguir atrair publicidade e despertou o interesse sobre o potencial de receitas não exploradas sobre os vídeos distribuídos através dos telemóveis.

Lusa

  • Apoiar o Governo "é um dever constitucional"
    0:50

    País

    Marcelo Rebelo de Sousa diz que apoiar o Governo é um dever constitucional do Presidente da República. Num balanço do primeiro ano em Belém, Marcelo respondeu assim a quem o acusa de andar com o Governo "ao colo".

  • Brexit só avança com aprovação parlamentar
    3:04

    Brexit

    O Supremo Tribunal britânico decidiu que o Governo precisa de ter a aprovação do Parlamento para avançar com o Brexit. A decisão foi validada por uma maioria de oito contra três juízes e justificada esta terça-feira pelo Supremo britânico. Por consequência, a libra esterlina atingiu a cotação mais alta do ano em relação ao dólar.

  • Primeira-ministra da Escócia apela ao voto contra a saída da UE
    2:25

    Brexit

    Depois da decisão do Supremo Tribunal britânico em relação ao Brexit, a primeira-ministra da Escócia veio pedir aos deputados que votem contra a saída da União Europeia. Nicola Sturgeon vai apresentar uma moção no Parlamento escocês para que este se pronuncie sobre o Brexit.

  • "A Miss Helsínquia é a mulher mais feia que já vi num concurso de beleza"

    Mundo

    Sephora Lindsay Ikabala venceu o concurso Miss Helsínquia 2017 e, desde então, tem vindo a ser insultada e criticada nas redes sociais. A nigeriana de 19 anos vive na cidade desde criança. "A Miss Helsínquia é literalmente a mulher mais feia que já vi num concurso de beleza", é apenas um dos muitos comentários que circula nas redes sociais.

  • As propostas Chanel para a próxima estação
    1:34

    Mundo

    Um dos desfiles mais aguardados do mundo da moda aconteceu esta segunda-feira, em Paris, com as propostas da casa Chanel para a próxima estação primavera/verão. No final do desfile, e pela primeira vez em 30 anos, Karl Lagarfeld não deu nenhuma entrevista à comunicação social.