sicnot

Perfil

Mundo

Recorde de calor batido em Nova Iorque

Sandálias e t-shirts foram esta sexta-feira uma indumentária suficiente em Nova Iorque, onde um recorde histórico de calor num dia 6 de novembro foi esta sexta-feira batido, com mais 23ºC ao início da tarde.

A temperatura normal média para um dia 6 de novembro de Nova Iorque é de 13,8ºC. (Arquivo)

A temperatura normal média para um dia 6 de novembro de Nova Iorque é de 13,8ºC. (Arquivo)

© Lucas Jackson / Reuters

No aeroporto de LaGuardia foram registados 23,8°C, onde o anterior máximo, datado de 1948, era de 21,6ºC, segundo o serviço meteorológico dos EUA.

No Central Park, a temperatura chegou a subir até igualar o recorde de 23,3ºC, também estabelecido em 1948.

A temperatura normal média para um dia 6 de novembro de Nova Iorque é de 13,8ºC, segundo aquele serviço (National Weather Service).

Mas os nova-iorquinos vão ter de guardar as suas sandálias em breve, uma vez que as previsões para a temperatura máxima são de 17ºC para sábado e 14ºC para domingo, mais de acordo com os valores habituais da estação.

Lusa

  • Os momentos que marcaram o 7.º dia de Mundial
    1:08
  • "Ronaldos nascem na Rússia como cogumelos"
    1:49
  • Os momentos descontraídos dos jogadores
    1:54
  • Ronaldo no País dos Sovietes: O humor russo
    1:32
  • Schulz responde a Trump: "é um especialista em estatísticas criminais"

    Mundo

    "Donald Trump é um especialista em estatísticas criminais: pagamentos a estrelas porno, contactos ilegais com russos e diretores de campanha presos". Foi assim que o deputado alemão Martin Schulz respondeu ao Presidente norte-americano, depois de este ter afirmado várias vezes que a criminalidade na Alemanha aumentou devido à imigração.

    SIC

  • "Vou pedir a alguém que dê esta notícia por mim". Jornalista emociona-se com o caso dos bebés mexicanos separados das famílias
    0:49