sicnot

Perfil

Mundo

Três iranianos decapitados na Arábia Saudita, 145 execuções desde janeiro

Três iranianos, condenados por tráfico de droga, foram hoje decapitados com um sabre na Arábia Saudita, elevando para 145 o número de execuções efetuadas desde janeiro naquele reino ultraconservador do Golfo Pérsico.

Os três homens tinham tentado introduzir por via marítima uma "grande quantidade de haxixe" na Arábia Saudita, informou o Ministério do Interior saudita.

Os iranianos foram executados na cidade portuária de Dammam, na zona leste do reino saudita.

Desde janeiro, 145 pessoas foram executadas na Arábia Saudita, segundo uma contagem realizada pela agência francesa AFP. Este valor ultrapassa de forma significativa o total de execuções registado no ano passado, 87.

Os crimes de violação, homicídio, apostasia (renegar a religião), assalto à mão armada e tráfico de droga são passíveis da pena de morte na Arábia Saudita, país que segue uma versão rigorosa da 'sharia' (lei islâmica).

As autoridades sauditas apresentam a dissuasão como o argumento chave para justificar a pena de morte.

Segundo a organização não-governamental Amnistia Internacional (AI), a Arábia Saudita figura entre os países que realizam o maior número de execuções no mundo, a par da China, Irão e dos Estados Unidos.

Lusa

  • Confrontos entre gangues rivais na prisão brasileira de Natal

    Mundo

    Dois gangues rivais entraram em confronto na Penitenciária de Alcaçuz, a mesma onde morreram 26 presos num motim esta semana, avança a agência France Press. O site da Globo refere que há um morto e sete feridos. O Exército já foi chamado a intervir.

    Em desenvolvimento

  • As crianças e o frio. O que vestir
    1:58

    País

    O médico Pedro Ribeiro da Silva, da Direção-Geral da Saúde, aconselha especial cuidado com as extremidades do corpo - usar luvas e gorros. E demasiado agasalhadas pode levá-as a transpirar mais e, consequentemente, desidratar.

  • Transportes públicos de Cascais vão ficar mais baratos
    2:32

    Economia

    Os transportes públicos de Cascais vão ficar mais baratos já a partir do próximo mês e a poupança nos passes combinados pode chegar até aos 12 euros por mês. Para além disso, foram criados 1280 lugares de estacionamento gratuito junto às estações da CP e Governo reafirma ainda que a linha será alvo de obras de melhoramentos este ano. Em 2016 passaram pela linha de Cascais 25 milhões de passageiros, mais 2,9% que no ano anterior.

  • Edíficio histórico de Teerão desmorona-se durante incêndio
    1:20
  • Cantora da Lambada encontrada morta carbonizada

    Cultura

    A cantora brasileira Loalwa Braz Vieira, ícone da Lambada do fim dos anos 80 e intérprete da música "Chorando se foi", foi encontrada morta num carro incendiado em Saquarema, Rio de Janeiro. A notícia é avançada pela Globo.