sicnot

Perfil

Mundo

Venezuela denuncia que avião norte-americano violou o espaço aéreo nacional

O Presidente da Venezuela, Nicolas Maduro, afirmou hoje que um avião norte-americano violou o espaço aéreo venezuelano e anunciou que recorrerá a instâncias internacionais para denunciar as últimas "provocações militares" dos Estados Unidos da América contra o país.

(arquivo)

(arquivo)

© STRINGER Bolivia / Reuters

"Vamos denunciar perante todos os organismos regionais e sub-regionais, a União de Nações da América do Sul, a Comunidade de Estados Latino-Americanos e Caribenhos, a Aliança Bolivariana para os povos da América e mais além, na ONU, todas estas provocações novas, inusitadas e extraordinárias contra a Venezuela", disse.

Nicolas Maduro falava em Caracas, num contacto telefónico com o canal estatal de televisão, durante o qual vincou que "todo o país deve estar unido em torno desta denúncia contra as provocações militares dos EUA".

As Forças Armadas Venezuelanas, o Comando Estratégico Operativo e o Estado Maior Conjunto, encontram-se alerta durante as 24 horas do dia, "cuidando do nosso espaço aéreo, do nosso território, da integridade do país", disse, acrescentando estar "informado em tempo real de cada coisa que acontece".

Nicolas Maduro vincou ainda que a Venezuela "é um país que está em pé e que está construindo o seu próprio modelo político, económico e social, e ninguém deve meter-se nisso".

O ministro venezuelano da Defesa, Vladimir Padrino López, denunciou, hoje, que um avião dos Serviços Secretos dos EUA partiu desde a ilha caribenha de Curaçao e entrou no espaço aéreo venezuelano sem dar informações sobre o voo a Maiquetia, Caracas.

"O primeiro que recebemos foi uma violação das leis aeronáuticas, não informando sobre a presença desse avião a torre de controlo, como diz a Lei", frisou, vincando que a violação ocorreu pelas 12:34 horas locais (18:05 em Lisboa).

O ministro venezuelano precisou que a violação teve lugar "quatro milhas náuticas" a leste do arquipélago de Los Monjes e que a aeronave "realizou padrões circulares de busca e continuou rumo ao sul".

Lusa

  • Marcelo já sabia da substituição do embaixador de Angola
    4:00

    País

    O Presidente da República sabia há bastante tempo da substituição do embaixador de Angola em Lisboa e já tinha aprovado o nome do futuro representante de Luanda. A revelação foi feita, esta terça-feira, por Marcelo Rebelo de Sousa, numa conversa exclusiva com a SIC no Palácio de Belém. O Presidente contou ainda que não vai enviar recados ao Governo nem aos partidos no discurso de 25 abril que vai fazer na Assembleia da República.

    Exclusivo SIC

  • "O ministro não escondeu nem tapou"
    1:20

    Economia

    Pedro Santana Lopes falou pela primeira vez sobre a auditoria feita à Santa Casa no período em que foi provedor. Esta terça-feira, na SIC Notícias, Santana Lopes desvalorizou as irregularidades e defendeu o ministro do Trabalho, da Solidariedade e da Segurança Social, Vieira da Silva.

    Pedro Santana Lopes

  • Constitucional chumba algumas normas da lei de barrigas de aluguer

    País

    O Tribunal Constitucional chumbou algumas normas do acórdão sobre as barrigas de aluguer. De acordo com o Expresso, a decisão já foi comunicada à Assembleia da República. A obrigatoriedade da regulamentação da lei ser feita pelo Parlamento e não pelo Governo terá sido unânime.

  • A história do bebé que continua a lutar pela vida depois de terem desligado as máquinas

    Mundo

    Alfie Evans sofre de uma doença cerebral degenerativa. A sua condição levou o caso à justiça e, depois de uma batalha judicial entre os pais e o hospital, os juízes determinaram que as máquinas do suporte artificial de vida fossem desligadas. Apesar de os aparelhos terem sido desligados na segunda-feira à noite, segundo os pais, a criança de 23 meses continua a lutar pela vida, respirando sozinha.

    SIC

  • O 10 de julho de 1941 na escrita de João Pinto Coelho
    15:09
  • Chegaram os brinquedos de cartão para a consola
    6:24
  • Marinha resgata 138 migrantes ao largo de Lampedusa

    País

    A fragata da Marinha portuguesa D. Francisco de Almeida resgatou esta terça-feira, ao largo da ilha de Lampedusa, em Itália, 138 migrantes, entre eles 15 mulheres e oito bebés, disse à Lusa fonte do Estado-Maior-General das Forças Armadas.

  • O recado de Donald Trump à Coreia do Norte 

    Mundo

    O Presidente norte-americano, Donald Trump, exortou Pyongyang a eliminar todo o seu arsenal nuclear, precisando o que queria dizer exatamente ao apelar para a "desnuclearização" do regime totalitário, antes de uma aguardada cimeira com o líder norte-coreano.

  • O vestido de noiva de Megan Markle
    1:17