sicnot

Perfil

Mundo

Segunda vítima mortal após rutura de barragem no Brasil, 25 estão desaparecidas

Autoridades confirmaram hoje a identificação da segunda vítima mortal da rutura de uma barragem mineira na cidade de Mariana, na zona rural de Minas Gerais, no sudeste brasileiro, que deixou 25 pessoas desaparecidas.

Reuters

Reuters

© Ricardo Moraes / Reuters

A segunda vítima fatal identificada é o motorista Sileno Narkievicius de Lima, que prestava serviços à mineradora Samarco, responsável pelas barragens, e foi soterrado após a rutura de duas das quatro barragens no local.

A tragédia, ocorrida na última quinta-feira, destruiu centenas de casas na localidade de Bento Rodrigues, vizinha à Mariana, atingida pelo deslizamento de lamas.

A primeira morte confirmada foi a de um homem que teve um mal súbito após a rutura das barragens. Segundo a imprensa local, outros dois corpos foram encontrados na região, mas ainda serão periciados para saber se há uma ligação direta com a tragédia.

O Governo do Estado do Espírito Santo, vizinho a Minhas Gerais, formou um comité de emergência para analisar as cidades de Colatina, Linhares e Baixo Guandu, que deverão ser atingidas pela lama com desperdícios de minérios que rompeu as barragens em Mariana.

Serão dados alertas à população que vive próxima do Rio Doce sobre a chegada da lama e estudam-se formas de garantir o abastecimento de água, segundo o diário "O Estado de São Paulo".

Moradores de Mariana manifestaram-se hoje para pedir um posicionamento mineradora Vale, que é acionista da Samarco, responsável pelas barragens na cidade.

Lusa

  • Lei existe há quatro anos mas não tem regulamentação
    2:03
  • Denúncia de maus tratos a cães no canil municipal de Elvas
    2:24

    País

    O Grupo de Intervenção e Resgate Animal denunciou nas redes sociais alegados maus tratos a animais no canil municipal de Elvas. As imagens mostram uma cadela com uma corda ao pescoço. A autarquia abriu um inquérito para averiguar o caso, suspendendo também o trabalho dos voluntários no canil.

  • Há cada vez menos portugueses

    País

    A população em Portugal diminuiu no ano passado, pelo oitavo ano consecutivo, já que o número de mortes continua a ser superior ao de nascimentos, revelam dados hoje divulgados pelo INE.

  • Dois em cada três portugueses vivem vidas sedentárias

    País

    Com menos de hora e meia de exercício semanal, mais de dois terços dos portugueses vivem vidas sedentárias. E a maioria desvaloriza a importância da atividade física, segundo um inquérito divulgado esta quinta-feira pela Fundação Portuguesa de Cardiologia.

  • Ovibeja aposta este ano na internacionalização da agricultura
    2:07

    País

    A Ovibeja começou esta quinta-feira e este ano aposta na internacionalização dos produtos agrícolas do Alentejo. Centenas de expositores esgotam o certame, que é uma monstra da agricultura portuguesa. António Costa, na sexta-feira, e Marcelo Rebelo de Sousa, no sábado, são alguns dos políticos com a presença marcada em Beja.

  • Le Pen vai à pesca
    0:35

    Eleições França 2017

    Marine Le Pen, candida à presidência de França fez esta quinta-feira uma "pausa" na campanha eleitoral e aproveitou para ir à pesca. A candidata navegou num barco de pesca no Mediterrâneo.

  • Primeira dama chinesa defende avanços na igualdade

    Mundo

    A primeira dama chinesa, Peng Liyuan, defendeu os avanços da China em matéria de igualdade dos géneros. Uma rara entrevista, difundida numa altura em que feministas chinesas asseguram serem controladas pela polícia face às suas campanhas.