sicnot

Perfil

Mundo

Israel diz ter desmantelado extensa rede ligada ao Hamas na Cisjordânia

Os organismos de segurança de Israel desmantelaram hoje uma extensa rede ligada ao movimento islamita palestiniano Hamas, na cidade de Qalqilia, na Cisjordânia, que planeava levar a cabo "atos terroristas", numa operação que deteve 24 presumíveis membros.

© Ammar Awad / Reuters

Em comunicado, o exército israelita informa que, em conjunto com o Serviço de Inteligência Interno e com a Polícia, localizou dois cabecilhas da organização, que controlavam a atividade a partir dos seus quartéis-generais nessa zona, a partir de onde planeavam perpetrar ataques.

A rede seria dirigida, guiada e financiada por membros do gabinete geral do Hamas no Qatar e em Gaza, refere a mesmo nota, que revela ainda que foram detidas 24 pessoas supostamente ligadas ao grupo.

Entre eles incluem-se destacadas figuras do movimento islamita que foram anteriormente presas pela sua participação e planeamento em "atividade terrorista do Hamas", diz o exército.

Durante a operação foram apreendidos 35.000 shekels (8.300 euros)

As Forças Armadas israelitas sublinham que a infraestrutura do Hamas em Qalqilia é uma das mais antigas e enraizadas de toda a Cisjordânia.

Lusa

  • Enfermeiros especialistas em saúde materna retomam protesto 

    País

    Os enfermeiros especialistas em saúde materna e obstetrícia voltam quinta-feira de manhã a interromper as funções especializadas, o que pode afetar blocos de parto e maternidades. Queixam-se de "falta de resposta política adequada" e "ausência de acordos sérios".

  • Reis de Espanha enviam mensagem para funeral das vítimas portuguesas
    0:52
  • Cristas vaiada em bairro de Chelas
    1:44

    Autárquicas 2017

    Assunção Cristas promete mudanças na Gebalis, a empresa municipal que gere os bairros sociais em Lisboa. Esta manhã, a candidata do CDS à câmara visitou um bairro de Chelas, onde foi vaiada por alguns populares.

  • Prestação da casa aumenta pela primeira vez desde 2014
    1:17

    Economia

    Pela primeira vez em três anos, as taxas de juro do crédito à habitação, estão a subir. A subida é de apenas 1 euro, mas é a primeira desde 2014, depois de em maio deste ano ter estabilizado e em junho ter descido. A justificação para este aumento é a evolução das taxas euribor.

  • "Em vez de ajudarem, estavam a tirar fotos dela a morrer"
    1:13