sicnot

Perfil

Mundo

Merkel diz que Schmidt era "uma instituição política"

A chanceler alemã, Angela Merkel, elogiou hoje o seu antecessor Helmut Schmidt, classificando-o como "uma instituição política" e uma autoridade "cujo conselho e cuja opinião significavam alguma coisa" para si.

Chanceler alemã, Angela Merkel,

Chanceler alemã, Angela Merkel,

© Hannibal Hanschke / Reuters

Merkel disse que os alemães tinham desenvolvido uma "profunda afeição" por Schmidt, que morreu hoje com 96 anos, e estavam "impressionados pela sua humildade pessoal e o seu sentido do dever".

Merkel nasceu na cidade natal de Schmidt, a portuária Hamburgo, antes de o seu pai, um pastor luterano, levar a família para lá da Cortina de Ferro, na que então era a Alemanha de Leste.

Merkel disse que Schmidt, enquanto chanceler, ajudou a Alemanha a lidar com o terrorismo e promoveu o sistema monetário europeu e a integração europeia, sublinhando que a Alemanha "tem muito que lhe agradecer".

Lusa

  • Mário Soares elogia Helmut Schmidt

    Mundo

    O ex-Presidente Mário Soares expressou hoje "grande consternação" pela morte, aos 96 anos, do antigo chanceler alemão Helmut Schmidt, que classificou como "grande estadista alemão", numa mensagem de condolências enviada à família.

  • As crianças e o frio. O que vestir
    1:58

    País

    O médico Pedro Ribeiro da Silva, da Direção-Geral da Saúde, aconselha especial cuidado com as extremidades do corpo - usar luvas e gorros. E demasiado agasalhadas pode levá-as a transpirar mais e, consequentemente, desidratar.

  • Mortágua acusa PSD de andar a brincar com a vida das pessoas
    0:47

    Opinião

    No Esquerda/Direita da SIC Notícias, António Leitão Amaro reafirmou ontem à noite que o PSD não é contra o aumento do salário mínimo mas contra a descida da TSU. Já Mariana Mortágua acusou os sociais-democratas de andar a brincar com a vida dos portugueses.

  • Pelo menos 30 mortos e 75 feridos em incêndio e derrocada de edifício em Teerão

    Mundo

    Pelo menos 30 bombeiros morreram esta quinta-feira e cerca de 75 pessoas ficaram feridas em Teerão, quando um edifício de 17 andares ruiu depois de ser consumido pelas chamas, noticiaram os meios de comunicação estatais iranianos. O edifício "Plasco" situa-se no centro da capital iraniana, a norte da zona do mercado.

    Em desenvolvimento

  • Os finalistas do Carro do Ano 2017 são...
    0:53

    Economia

    São sete os escolhidos pelos jurados do Carro do Ano, iniciativa do Expresso e da SIC Notícias. À final chegaram o Citroen C3 Pure Tech, o Hyundai IONIQ Hybrid Tech, da Kia o novo modelo Optima Sportwagon 1.7 CRDi GT Line, o Peugeot 3008 Allure 1.6 BlueHdi, o Renault Mégane Sport Tourer Energy dCI, o SEAT Ateca 1.6 TDI CR Style e ainda o Volvo V90.