sicnot

Perfil

Mundo

Palestinianos dizem ter identificado autor do "assassinato" de Yasser Arafat

A comissão de inquérito palestiniana à morte de Yasser Arafat identificou o autor do "assassinato" do antigo Presidente da Autoridade Palestiniana, disse hoje à AFP o seu chefe, Tawfiq Tirawi, responsabilizando mais uma vez Israel

© Reuters Photographer / Reuter

Esta declaração ocorre na véspera das comemorações do 11.º aniversário da morte do emblemático dirigente palestiniano.

"A comissão de inquérito conseguiu identificar o assassino do defunto Presidente Yasser Arafat", afirmou Tirawi, recusando-se a divulgar mais informações sobre o suspeito ou o desenvolvimento do inquérito.

"Vai ser preciso mais tempo para esclarecer as condições exatas do crime", acrescentou, assegurando, porém, que "Israel é responsável pelo assassinato", que os palestinianos investigam desde 2009.

A esposa de Arafat, Soha, apresentou queixa contra desconhecidos, depois da descoberta de polonium 210, uma substância radioativa muito tóxica, nos pertences pessoais do seu marido.

Em novembro de 2012, o túmulo do ex-chefe palestiniano tinha sido aberto e cerca de 60 amostras retiradas do seu cadáver e depois divididos para análise por três equipas de técnicos suíços, franceses e russos.

Os analistas mandatados pelos juízes franceses afastaram por duas vezes a tese do envenenamento. Os peritos russos concluíram por uma "morte natural". Mas, ao contrário, os suíços solicitados pela viúva consideraram, pela sua parte, que os resultados "apoiam razoavelmente a hipótese do envenenamento" com polonium.

Lusa

  • Manuel Delgado demitiu-se devido a "grave violação da privacidade"

    País

    O ex-secretário de Estado da Saúde diz que apresentou a demissão para "não perturbar nem criar qualquer tipo de embaraço ao normal funcionamento do Governo". Num comunicado, Manuel Delgado esclarece que foi remunerado pelo trabalho de consultor na Raríssimas "muito antes" da entrada no Governo e acrescenta que respeitou na íntegra todo o quadro legal e ético.

  • O que vai mudar nos recibos verdes
    2:55

    Economia

    Os trabalhadores independentes vão descontar menos para a Segurança Social já no próximo ano. A taxa vai descer dos 29,6% por cento para os 21,4%. A descida será compensada por um aumento das contribuições pagas pelos patrões. Há também alterações em caso de desemprego e o subsídio de doença passa a ser pago ao fim de 10 dias em vez de 31.

  • Tripulantes da TAP acusam companhia de desrespeitar compromissos
    3:16

    Economia

    O Sindicato que representa os tripulantes da TAP acusa a empresa de estar a violar a lei. A companhia aérea portuguesa denunciou unilateralmente o acordo de empresa com os tripulantes e apresentou novas condições, que o sindicato considera indignas. Diz que os tripulantes fizeram esforços pela companhia no verão e que agora estão a ser desrespeitados.

  • Uma "Árvore da Esperança" pelas vítimas dos fogos
    2:01
  • Bebé nasce com coração fora do peito e sobrevive
    2:06
  • Zapatou volta a eleger os melhores vídeos da internet
    6:28