sicnot

Perfil

Mundo

Obama deverá validar orçamento que exige relatório sobre Base das Lajes

O Presidente dos Estados Unidos deverá assinar a lei de Orçamento das Forças Armadas, que foi alterada depois do seu veto no mês passado e que exige a elaboração de um relatório sobre a Base das Lajes.

(arquivo)

(arquivo)

© Jonathan Ernst / Reuters

"É esperado que o Presidente assine a lei desta vez, porque a sua principal disputa com os Republicanos, sobre os níveis de despesa, foi resolvida no acordo orçamental", disse hoje uma fonte da Câmara dos Representantes à agência Lusa.

A nova lei, que foi revista depois do veto de Barack Obama no final de novembro, foi aprovada pela Câmara dos Representantes na semana passada e pelo Senado na terça-feira, seguindo agora para a secretária de Obama, que terá 10 dias para a aprovar ou vetar.

O orçamento continua a proibir que quaisquer fundos sejam usados para transferir prisioneiros da prisão de Guantanamo até ao final do próximo ano.

No limite, isto significa que Obama falhará uma das suas grandes promessas eleitorais em 2008: o fecho desta prisão que acolheu suspeitos de terrorismo após os atentados de 11 de setembro de 2001.

A Casa Branca já classificou essas provisões como "contraproducentes", mas não ameaçou com um veto como da última vez.

Isto acontece porque a maior reserva de Barack Obama, que se prendia com 38 mil milhões de dólares (35 mil milhões de euros) extra em despesas de guerra, foi resolvida com o acordo orçamental.

A nova versão da lei inclui cortes de 5 mil milhões de dólares (cerca de 4,6 mil milhões de euros), incluindo 250 milhões de dólares no Fundo para Parcerias de Contra-Terrorismo e mil milhões em combustíveis.

Este orçamento exige também que o departamento da Defesa produza até 01 de março de 2016 um relatório sobre as valências da base das Lajes, incluindo sobre a sua capacidade de receber um centro de informações.

"Nenhum montante deve ser utilizado na construção do Centro de Análise Conjunta de Informações, na Base Aérea de Croughton, no Reino Unido, conforme secção 2301(b), até a Secretaria de Defesa certificar os comités de defesa da Câmara que determinou, com base numa análise dos requisitos operacionais, que esta localização permanece a localização ótima", lê-se no orçamento.

O documento diz ainda que o relatório deve incluir uma explicação para os fundamentos da decisão, bem como uma avaliação das capacidades das Lajes para acolher treinos de pilotos de caça e a presença rotativa de forças navais.

A Câmara dos Representantes está a investigar a manipulação de estudos que justificam a construção deste centro de informações em Inglaterra.

Em junho, a Lusa noticiou uma série de iniciativas legislativas da Câmara dos Representantes que suspendem a construção deste complexo no Reino Unido até ser provado que a Base das Lajes não pode cumprir essa função.

O novo complexo está planeado para a base de Croughton, em Inglaterra, e ao reunir várias agências e organismos dos serviços de informações será o maior deste género fora do território norte-americano.

A sua construção está orçamentada em 317 milhões de dólares (cerca de 281 milhões de euros).

Lusa

  • Os confrontos de Rui Rio
    3:38

    País

    Esta não é a primeira vez que Rui Rio enfrenta adversidades. O mesmo aconteceu durante a presidência da Câmara do Porto, quando assumiu uma rutura total com o Futebol Clube do Porto. Na primeira conferência de imprensa como presidente do PSD, avisou os adversários internos de que o clima de confronto é um ambiente do qual gosta.

  • Governo aceita diálogo com PSD após eleição de Rio
    1:52

    País

    Com a eleição de Rui Rio, o Governo aceitou entender-se com o PSD, provocando algumas críticas por parte do PCP e o Bloco de Esquerda. O líder parlamentar socialista diz que admitir o diálogo é Democracia, mas garante que o que sempre dividiu o PS do PSD mantém-se.

  • Sporting nos oitavos de final da Liga Europa

    Liga Europa

    O Sporting garantiu esta quinta-feira o apuramento para os oitavos de final da Liga Europa, ao empatar frente ao Astana, em Alvalade, a três golos, na segunda mão dos 16 avos de final, depois de ter triunfado no Cazaquistão por 3-1. Veja ou reveja todos os golos do encontro.

  • Jane Seymour posa para a Playboy aos 67 anos

    Cultura

    Esta é a terceira vez que a atriz inglesa de 67 anos participa numa sessão fotográfica para a revista Playboy. Jane Seymour aproveitou a oportunidade para se juntar ao movimento #MeToo e falar sobre as agressões sexuais que sofreu às mãos de um produtor, em 1972.

  • O estranho caso do mergulhador Alejandro Ramos

    Mundo

    O mergulhador Alejandro Ramos tornou-se num caso de investigação do Centro Médico Naval do Peru, depois do seu corpo ter começado a inchar sem qualquer explicação aparente. Isto aconteceu há quatro anos, minutos depois de ter emergido da água, onde tinha estado a trabalhar durante muitas horas.

    SIC

  • Vírus do Zika pode proteger contra a dengue

    Mundo

    Uma equipa de investigadores brasileiros acredita que a infeção do vírus Zika pode tornar a pessoa imune contra a dengue. Anteriormente, uma investigação chinesa já tinha conseguido provar o inverso: quem apanha dengue pode estar mais protegido contra o vírus do Zika.

    SIC

  • Pesca explora mais de metade de todos os oceanos

    Economia

    A pesca industrial explora mais de metade de todos os oceanos, uma área quatro vezes maior que a utilizada pela agricultura, havendo mais atividade no norte do Atlântico e do Pacífico, conclui um estudo divulgado esta quinta-feira.