sicnot

Perfil

Mundo

Bebé do sexo feminino nasce no Bangladesh com duas cabeças

Uma criança do sexo feminino nasceu na quarta-feira à noite com duas cabeças num hospital do Bangladesh, encontrando-se na unidade de cuidados intensivos com dificuldades respiratórias, disseram esta quinta-feira fontes médicas locais.

A criança nasceu num hospital de Brahmanbaria, 120 quilómetros a leste de Daca, tendo sido transferida, de imediato, para o maior hospital da capital do Bangladesh. (Arquivo)

A criança nasceu num hospital de Brahmanbaria, 120 quilómetros a leste de Daca, tendo sido transferida, de imediato, para o maior hospital da capital do Bangladesh. (Arquivo)

© Ronen Zvulun / Reuters

A criança nasceu num hospital de Brahmanbaria, 120 quilómetros a leste de Daca, tendo sido transferida, de imediato, para o maior hospital da capital do Bangladesh.

"Quando vi a minha bebé fiquei sem saber o que pensar. Ela nasceu com duas cabeças perfeitamente desenvolvidas. Está a comer pelas duas bocas e a respirar pelos dois narizes", disse à France Presse o pai, Jamal Mia, dando "graças a Alá" por tanto a mãe como a filha estarem vivas.

Abu Kawsar, diretor do Standard Hospital of Total Care, em Daca, para onde a criança foi transferida, indicou que os testes iniciais dão conta de que a bebé tem apenas um conjunto de órgãos vitais.

"À exceção de duas cabeças, o bebé tem tudo o resto normal", sublinhou, nada adiantando sobre o que a medicina poderá fazer nestas circunstâncias ou sobre se a criança corre risco de vida iminente.

Entretanto, milhares de pessoas estão a acorrer ao Hospital de Brahmanbaria desde o anúncio do nascimento de um "bebé milagroso".

"A cidade inteira está a deslocar-se ao hospital e até há pessoas que vêm de outras localidades nos arredores", acrescentou Abu Kawsar, salientando que foi "importante" a bebé ter sido transferida para Daca, pois "seria certamente difícil controlar" a multidão.

Jamal Mia, um modesto agricultor de Brahmanbaria, disse estar "preocupado" sobre como irá tratar da filha se forem necessárias despesas adicionais.

"Tenho pena dela. Nasceu filha de um homem pobre. Não tenho dinheiro para tratar decentemente a própria mãe", lamentou-se.

A última vez que o Bangladesh assistiu ao nascimento de uma criança com duas cabeças foi em 2008. Poucos dias após o nascimento, a criança viria, porém, a morrer.

Lusa

  • Buscas no Benfica, P. Ferreira, V. Setúbal e Desportivo das Aves

    Desporto

    A Polícia Judiciária do Porto está a fazer buscas à SAD do Benfica, no Estádio da Luz, e ainda ao Paços de Ferreira, Desportivo das Aves e Vitória de Setúbal. Em causa estão alegados crimes de corrupção desportiva e fraude fiscal. O clube da Luz já reagiu em comunicado.

    Em atualização

  • Sousa Cintra e Comissão de Gestão analisam futuro do Sporting
    2:37

    Crise no Sporting

    Sousa Cintra reuniu-se hoje com a Comissão de Gestão para analisar o que fazer no Sporting, depois da tomada de posição de Bruno de Carvalho. O presidente que foi destituído do cargo na Assembleia Geral de sábado, depois de dizer que se ia afastar, deixou depois a garantia de que vai impugnar a reunião magna do clube e vai a eleições.

  • Lei que permite a entrada de animais em espaços de restauração gera dúvidas
    2:23

    País

    A lei que permite a entrada de animais de companhia em estabelecimentos de restauração, que entrou hoje em vigor, está a gerar dúvidas para os proprietários. Até ao momento são poucos os estabelecimentos que aderiram e a previsão é para que assim continue. A DECO questionou 1800 pessoas sobre a presença dos animais nos restaurantes e apenas 25% votou a favor.

  • "Isto é a demagogia à solta"
    0:45

    Opinião

    Quem o diz é Luís Marques Mendes a propósito da aprovação esta semana da lei do CDS-PP que elimina o adicional do imposto sobre os combustíveis. O comentador da SIC critica a oposição por ter levado a votação uma lei inconstitucional e acusa ainda os parceiros de Governo de deslealdade. 

    Luís Marques Mendes

  • Gato reencontra dono 10 anos depois de ter desaparecido

    Mundo

    A Blue Cross recolheu no mês passado um gato que tinha sido dado como desaparecido em 2008, num altura em que o dono Mark Salisbury residia em Ipswich, Suffolk, no Reino Unido. Graças ao microchip de Harry, a associação britânica que se dedica à proteção animal, conseguiu localizar Salisbury, que agora vive em Gloucestershire.