sicnot

Perfil

Mundo

Buscas em casas de suspeitos islamitas em França

A polícia francesa efetuou buscas em várias casas de suspeitos islamitas, durante esta madrugada e em vários pontos do país, confirmou esta manhã o primeiro-ministro, Manuel Valls.

© Pascal Rossignol / Reuters

De acordo com Manuel Valls, "mais de 150 raids" foram realizados em círculos islâmicos em França desde os ataques de sexta-feira.

Em Lyon, foram apreendidas armas, incluindo um lançador de foguetes, coletes à prova de bala, várias pistolas e uma Kalashnikov. Cinco pessoas foram detidas, segundo uma fonte citada pela France Press.

O canal BFM TV explicou que os investigadores tinham "várias dezenas de alvos" nestas operações, realizadas também em Grenoble (leste), Toulouse (sul), Jeumont (norte) e Bobigny (arredores de Paris).

Uma operação realizada em Bobigny estava diretamente relacionada com os ataques de Paris na noite de sexta-feira, precisou a "France Info", enquanto se aguarda a divulgação dos resultados.

Em Grenoble, segundo o BFM TV, houve seis detenções e foram apreendidas armas.

Em Toulouse, em vários pontos de La Reynerie, no bairro de Le Mirail--del, de onde era oriundo um dos autores dos atentados de Paris, o francês Mohamed Merah, também autor de várias mortes na região em março de 2012, foram detidas pelo menos três pessoas. Cerca de 200 agentes participaram nas buscas e detenções de Toulouse, que se prolongaram durante três horas.

O Governo francês decretou na noite de sexta-feira o estado de emergência, o que permite às forças da ordem ignorar alguns procedimentos legais que podem atrasar as buscas em habitações de suspeitos.

A França e a Bélgica lançaram no domingo várias ordens de busca e captura de um suspeito jihadista implicado na onda nos ataques de sexta-feira, Salah Abdeslam, e que no sábado escapou a uma operação em Bruxelas em que foram detidas várias pessoas, entre elas, o seu irmão, Mohamed.

Salah Abdeslam, de 26 anos e nacionalidade francesa, ainda que residente na Bélgica, foi quem alugou neste país o carro usado pelos autores do ataque à sala de espetáculos Bataclan, um Volkswagen Polo. Suspeita-se que possa ser o oitavo homem dos comandos jihadistas, além dos sete que se fizeram explodir em Paris, durante os atentados.

O grupo extremista Estado Islâmico (EI) referiu oito homens quando no sábado, em comunicado, reivindicou os atentados, que causaram pelo menos 129 mortos, entre os quais dois portugueses.

De acordo com o último balanço feito pelos hospitais, das 415 pessoas que foram atendidas nos hospitais após os ataques, pelos menos 42 feridos continuavam no domingo à tarde em vigilância intensiva em unidades de reanimação.

Os ataques ocorreram em vários locais da cidade, entre eles uma sala de espetáculos e o Stade de France, onde decorria um jogo de futebol entre as seleções de França e da Alemanha.

A França decretou o estado de emergência e restabeleceu o controlo de fronteiras na sequência daquilo que o Presidente François Hollande classificou como "ataques terroristas sem precedentes no país".

Com Lusa

  • SIC faz-se à estrada para ouvir eleitores
    2:13
  • Furacão Maria ameaça Ilhas Virgens e Porto Rico

    Mundo

    O furacão Maria "potencialmente catastrófico" está a ameaçar as Ilhas Virgens e o Porto Rico, depois de esta terça-feira ter semeado a destruição na Dominica e provocado um morto e dois desaparecidos na ilha francesa de Guadalupe.

  • Pistolas Nerf podem causar graves lesões nos olhos

    Mundo

    As balas das pistolas Nerf, quando atingem os olhos, podem causar graves lesões. O aviso é de um grupo de médicos de Londres, que recomenda a utilização de óculos protetores e o aumento da idade mínima para a utilização dos brinquedos.

    SIC

  • Investigadores descobrem como transformar gordura "má" em gordura "boa"

    Mundo

    Uma equipa de investigadores da Universidade de Washington, Estados Unidos, descobriu como converter a gordura corporal "má" em gordura "boa", permitindo queimar mais calorias e atrasar o aumento de peso, num estudo conduzido em ratos. Estes resultados abrem caminho para a possibilidade de desenvolver tratamentos mais eficazes para a obesidade e para a diabetes associada ao aumento de peso em pessoas, segundo os autores.

  • Escola na Croácia usa imagem de Melania Trump para chamar alunos

    Mundo

    "Imagine até onde pode ir com um pouco de inglês", foi com estas palavras que uma escola de inglês da Croácia decidiu promover as suas aulas, juntando ainda a fotografia de Melania Trump ao placard do anúncio. Agora, a primeira-dama norte-americana ameaça levar o Instituo Americki a tribunal. Entretanto, o placard já foi retirado do local.

    SIC