sicnot

Perfil

Mundo

Cinco detidos de Guantanamo transferidos para os Emirados Árabes Unidos

Os Estados Unidos da América anunciaram no domingo a transferência de cinco detidos em Guantanamo para os Emirados Árabes Unidos, no quadro do projeto de encerramento do centro de detenção.

Prisão de Guantánamo, nos Estados Unidos.(Arquivo)

Prisão de Guantánamo, nos Estados Unidos.(Arquivo)

© Staff Photographer / Reuters

Segundo o Pentágono, 107 pessoas estão ainda detidas na prisão militar situada em Cuba.

Os cinco detidos transferidos são Ali Ahmad Mohammed al-Razihi, Khalid Abd-al-Jabbar Mohammed Uthman al-Qadasi, Adil Said al-Hajj Ubayd al-Busays, Sulayman Awad Bin Uqayl al-Nahdi e Fahmi Salem Said al-Asani.

A prisão de Guantanamo abriu portas em janeiro de 2002 para acolher os suspeitos de terrorismo. Em 2003, chegou a ter mais de 700 detidos.

A prisão e as imagens dos prisioneiros acorrentados com os uniformes cor de laranja tiveram um impacto desastroso sobre a imagem dos Estados Unidos no mundo e o Presidente Barack Obama fez do encerramento de Guantanamo uma promessa eleitoral.

Obama poderá concretizar a promessa antes do fim do seu mandato, em janeiro de 2017. O plano incluia a transferência de cerca de 50 detidos para os Estados Unidos. Os outros, considerados menos perigosos, seriam transferidos para o estrangeiro.

Vários prisioneiros foram nos últimos meses repatriados para o seu país de origem ou transferidos para um país terceiro.

Lusa

  • "O que é isto, mamã?"
    36:23
  • O ensino à distância em Portugal
    4:12

    País

    Em Portugal, o ensino básico e secundário à distância já conta com 300 alunos e com a preciosa ajuda das novas tecnologias. É através do computador que a escola viaja e acompanha os alunos, alguns com doenças que não os permitem ir às aulas, outros que são atletas de alta competição e que têm a maior parte do tempo ocupado por treinos ou ainda os que fazem parte de famílias itenerantes, como é o caso dos que vivem no circo e andam de terra em terra.

  • Aprender a jogar badminton ao ritmo do samba
    2:54

    Mundo

    No Brasil, a correspondente da SIC foi conhecer um projeto social no Rio de Janeiro que mistura samba e desporto. Um desporto que ainda é pouco praticado mas que tem sido fundamental para transformar a vida de jovens das favelas e para descobrir novos talentos do badminton brasileiro.

    Correspondente SIC