sicnot

Perfil

Mundo

Governo e parlamento suecos anunciam receção de ameaças por correio eletrónico

O governo e o parlamento suecos anunciaram ter recebido hoje ameaças, sem revelar o teor das mensagens, estando os serviços secretos a avaliar a credibilidade das missivas e a tentar identificar os autores.

(arquivo)

(arquivo)

© Heinz-Peter Bader / Reuters

"O governo recebeu mensagens através de correio eletrónico que continham ameaças. A polícia de segurança (SAPO) foi imediatamente informada", disse à agência noticiosa francesa AFP o porta-voz do governo de Estocolmo, Bodil Sundén.

Entretanto, um porta-voz parlamentar indicou igualmente que uma mensagem enviada através de correio eletrónico foi enviada para o parlamento de Estocolmo.

A mesma fonte sublinhou que, apesar da ameaça, o edifício do parlamento não foi evacuado pelas autoridades.

De acordo com a televisão pública SVT a mensagem ameaça os funcionários que se encontrarem no parlamento na terça-feira fazendo menção ao "Massacre de Estocolmo" cometido pelos dinamarqueses no século XVI.

Um responsável pela comunicação da polícia de segurança, Frederik Milder, disse à AFP que as mensagens referem explicitamente a data de terça-feira (17 de novembro) mas recusou-se a prestar mais informações.

"Estamos a examinar os elementos que se encontram à nossa disposição para tomar eventuais medidas de proteção", explicou sem mais comentários.

Lusa

  • Ministra do Mar não aceita suspensão da pesca da sardinha
    2:39

    Economia

    O organismo científico que aconselha a Comissão Europeia em matéria de pescas recomendou esta sexta-feira que Portugal e Espanha não pesquem sardinha no próximo ano. A Ministra do Mar não aceita esta recomendação de capturas zero e vai propor uma redução do limite de capturas de sardinha das 17 mil toneladas deste ano para cerca de 14 mil em 2018.