sicnot

Perfil

Mundo

Mais de 30 mortos em explosão na cidade nigeriana de Yola

Mais de 30 pessoas morreram esta terça-feira na explosão de uma bomba na cidade de Yola, no nordeste da Nigéria, referiu a Agência Nacional de Emergência.

Nos últimos meses, o Boko Haram atacou em diversas ocasiões aquela cidade. (Arquivo)

Nos últimos meses, o Boko Haram atacou em diversas ocasiões aquela cidade. (Arquivo)

© Afolabi Sotunde / Reuters

"Contámos 32 mortos até agora e cerca de 80 feridos", disse o coordenador da agência em Yola, Sa'ad Bello.

A Cruz Vermelha indicou a existência de pelo menos 31 mortos e 72 feridos.

A explosão ocorreu às 20:20 locais (19:20 em Lisboa) no distrito de Jambutu, poucos dias depois de o Presidente nigeriano ter assegurado que o grupo extremista Boko Haram estava prestes a ser derrotado.

Nos últimos meses, o Boko Haram atacou em diversas ocasiões aquela cidade.

O grupo extremista pretende instaurar um califado no norte da Nigéria, maioritariamente muçulmano, ao contrário do sul, de maioria cristã.

A violência da insurreição do Boko Haram e da sua repressão pelas forças armadas nigerianas já causaram mais de 17 mil mortes desde 2009 e perto de 2,6 milhões de deslocados e refugiados nos Camarões, Chade e Níger.

Lusa

  • Trump cria linha de apoio a vítimas de "extraterrestres criminosos"

    Mundo

    Quando o Governo norte-americano usa o termo "extraterrestre criminoso", refere-se a alguém que não é cidadão dos Estados Unidos da América e que foi condenado por um crime. Quando a mesma expressão é usada pelos utilizadores do Twitter, o significado é completamente diferente. Os internautas pensam na série Ficheiros Secretos e em discos voadores. Por isso, o lançamento de uma linha telefónica, por parte da Casa Branca, para as vítimas de "extraterrestres criminosos" só podia dar em confusão.