sicnot

Perfil

Mundo

Novo planeta anão é o objeto celeste mais distante do nosso sistema solar

Um planeta anão a 15 mil milhões de quilómetros de distância do Sol é objeto celeste mais longínquo alguma vez detetado.

space.com

Chama-se V774104, mede entre 500 e 1000 quilómetros - cerca de metade do tamanho de Plutão - e três vezes mais afastado do Sol que este planeta anão. "E é tudo o que sabemos sobre ele", confessou o astrónomo Scott Sheppard ao site Space.com. "Ainda não sabemos a sua órbita porque só o descobrimos há duas semanas".

Sheppard, astrónomo no Carnegie Institution for Science em Washington, anunciou a descoberta há uma semana durante o econtro da American Astronomical Society's Division for Planetary Sciences, explicando que o planeta anão foi detetado com o telescópio japonês Subaru que está ho Havai.

O V774104 está 103 vezes mais longe do Sol que a Terra e os cientistas acreditam que deverá fazer parte de um raro grupo de objetos celestes (sednoids, em inglês) que existem fora da Cintura de Kuiper - tal como os dois que que se conhecem, Sedna e 2012 VP113.

A provar-se que é um destes objetos, dará a oportunidade aos astrónomos de provarem a teoria de que existe um planeta X para além do nosso sistema solar que provoca a órbita elíptica destes sednoids.

  • O impacto e as consequências do referendo em Itália
    1:02