sicnot

Perfil

Mundo

Novo planeta anão é o objeto celeste mais distante do nosso sistema solar

Um planeta anão a 15 mil milhões de quilómetros de distância do Sol é objeto celeste mais longínquo alguma vez detetado.

space.com

Chama-se V774104, mede entre 500 e 1000 quilómetros - cerca de metade do tamanho de Plutão - e três vezes mais afastado do Sol que este planeta anão. "E é tudo o que sabemos sobre ele", confessou o astrónomo Scott Sheppard ao site Space.com. "Ainda não sabemos a sua órbita porque só o descobrimos há duas semanas".

Sheppard, astrónomo no Carnegie Institution for Science em Washington, anunciou a descoberta há uma semana durante o econtro da American Astronomical Society's Division for Planetary Sciences, explicando que o planeta anão foi detetado com o telescópio japonês Subaru que está ho Havai.

O V774104 está 103 vezes mais longe do Sol que a Terra e os cientistas acreditam que deverá fazer parte de um raro grupo de objetos celestes (sednoids, em inglês) que existem fora da Cintura de Kuiper - tal como os dois que que se conhecem, Sedna e 2012 VP113.

A provar-se que é um destes objetos, dará a oportunidade aos astrónomos de provarem a teoria de que existe um planeta X para além do nosso sistema solar que provoca a órbita elíptica destes sednoids.

  • O dia que roubou dezenas de vidas em Pedrógrão Grande
    3:47
  • Morreu Miguel Beleza

    País

    Miguel Beleza, economista e antigo ministro das Finanças, morreu esta quinta-feira de paragem cardio-respiratória aos 67 anos.

  • "Estamos a ficar sem espaço. Está na hora de explorar outros sistemas solares"

    Mundo

    O físico e cientista britânico Stephen Hawking revelou alguns dos seus desejos para um novo plano de expansão espacial. Hawking está em Trondheim, na Noruega, para participar no Starmus Festival que promove a cultura científica. E foi lá que o físico admitiu que a população mundial está a ficar sem espaço na Terra e que "os únicos lugares disponíveis para irmos estão noutros planetas, noutros universos".

    SIC

  • Não posso usar calções... visto saias

    Mundo

    Perante a proibição de usar calções no emprego, um grupo de motoristas franceses adotou uma nova moda para combater o calor. Os trabalhadores decidiram trocar as calças por saias, visto que a peça de roupa é permitida no uniforme da empresa para a qual trabalham.

  • De refugiada a modelo: a história de Mari Malek

    Mundo

    Mari Malek chegou aos Estados Unidos da América quando era ainda uma criança. Chegada do Sudão do Sul, a menina era uma refugiada à procura de um futuro melhor, num país que não era o seu. Agora, anos depois, Mari Malek é modelo, DJ e atriz, e vive em Nova Iorque. Fundou uma organização sediada no país onde nasceu voltada para as crianças que passam por dificuldade, como também ela passou.