sicnot

Perfil

Mundo

Dia Europeu dos Antibióticos com avisos para riscos do aumento da resistência

O Dia Europeu dos Antibióticos assinala-se hoje, uma oportunidade para as autoridades de saúde alertarem para os riscos do aumento da resistência a estes medicamentos que salvam vidas.

(REUTERS/ ARQUIVO)

A diretora-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), Margaret Chan, afirmou, no início da semana, que o aumento da resistência aos antibióticos representa "um imenso perigo para a saúde mundial".

Na apresentação da primeira investigação sobre o tema, Margaret Chan acrescentou que esta resistência "atinge níveis perigosamente elevados em todas as partes do mundo".

Em Portugal, o consumo de antibióticos tem vindo a baixar desde 2010, mas ainda assim foram vendidos mais de sete milhões de embalagens destes medicamentos nos primeiros dez meses deste ano.

Segundo dados da consultora IMS Health, a venda de antibióticos nas farmácias baixou de 9.357.411 embalagens vendidas em 2010 para 8.085.314 embalagens em 2014.

Em 2011 venderam-se 9.027.784 embalagens, 8.683.232 em 2012 e 8.539.400 em 2013.

Entre janeiro e outubro deste ano, foram vendidas 7.138.113 embalagens.

Em termos de valores, em 2010 venderam-se antibióticos no montante de 70.947.104 euros, de 61.489.588 euros em 2011, de 50.387.993 euros em 2012, de 45.057.852 euros em 2013 e de 42.547.917 euros em 2014.

Nos primeiros dez meses deste ano, foram vendidos antibióticos no valor de 36.959.445 euros.

A Direção-Geral da Saúde, através do Programa de Prevenção e Controlo de Infeções e de Resistência aos Antimicrobianos (PPCIRA), associa-se à Organização Mundial da Saúde e ao European Centre for Disease Prevention and Control para divulgar ao longo de toda a semana várias mensagens que visam alertar e sensibilizar os profissionais de saúde e a população para o problema da resistência aos antibióticos.

Lusa

  • Autocarro com seguranças atacado em Braga
    0:42

    Desporto

    Dois autocarros que transportavam elementos de uma empresa de segurança foram atingidos por tiros e pedras depois do jogo entre o Sporting de Braga e o Vitória de Guimarães. O ataque deu-se a poucos quilómetros do Estádio Municipal de Braga. A PSP e a PJ estiveram no local a recolher provas.