sicnot

Perfil

Mundo

Regime sírio acusado de usar ataques a hospitais como arma de guerra

Os ataques do governo sírio aos hospitais de Aleppo devastaram os serviços de saúde na cidade, acusou hoje a organização Médicos pelos Direitos Humanos, afirmando que 95 por cento dos médicos fugiram, estão mortos ou foram presos.

Reuters/Arquivo

Reuters/Arquivo

© Stringer . / Reuters

Menos de um terço dos hospitais da cidade estão a funcionar devido aos 45 ataques dos últimos três anos, refere a organização num relatório hoje divulgado.

"O governo sírio está a usar os ataques aos serviços de saúde de Aleppo como uma arma de guerra", disse Michele Heisler, uma das autoras do documento.

A cidade de Aleppo está dividida entre as forças governamentais, que controlam o lado ocidental, e os rebeldes, que tomaram a parte oriental pouco tempo depois do início dos combates em meados de 2012.

As forças governamentais sírias apoiadas pelos meios aéreos russos lançaram uma nova investida na tentativa de recuperar o controlo de Aleppo e tomaram a cidade de Al-Hader, a sul da cidade, no início do mês.

Os Médicos pelos Direitos Humanos afirmam que houve, pelo menos, dez ataques aéreos russos a infraestruturas de saúde em outubro, que provocaram a morte de um trabalhador.

Segundo o relatório, havia menos do que 80 médicos a trabalhar em Aleppo, ou seja 05% dos clínicos que serviam aquela cidade antes da guerra.

Lusa

  • "Joguem à bola"
    1:35

    Desporto

    Cerca de uma centena de adeptos do Sporting esperaram até perto das 3:00 pela chegada da equipa ao estádio de Alvalade. Depois da eliminação da Taça de Portugal, em Chaves, foi necessário o reforço policial para garantir a segurança da comitiva leonina.

  • Oposição diz que défice abaixo dos 2,3% se deve ao aumento de impostos
    2:24

    Economia

    O défice de 2016 vai ficar abaixo dos 2,3%, uma garantia dada pelo primeiro-ministro durante o debate quinzenal desta terça-feira. A oposição diz que o resultado é bom para o país mas que se deve a um aumento de impostos, feito pelo Governo no ano passado, e ao trabalho do PSD e do CDS nos anos anteriores.

  • Obama encurta pena de delatora do Wikileaks
    1:45
  • Putin sai em defesa de Trump
    2:29

    Mundo

    Vladimir Putin já saiu em defesa de Donald Trump e diz que houve uma tentativa de minar o Presidente eleito dos Estados Unidos, através de um alegado relatório, atribuido à espionagem russa. Putin diz que o relatório é falso.