sicnot

Perfil

Mundo

Rússia vai visar camiões-cisterna nas áreas controladas pelo Daesh

A aviação russa recebeu ordens para atingir os camiões-cisterna que transportam produtos petrolíferos nas zonas controladas pelo grupo jihadista Daesh (Estado Islâmico), informou esta quarta-feira o general Andrei Kartapolov, chefe das operações militares russas na Síria.

(Arquivo)

(Arquivo)

© Umit Bektas / Reuters

"Hoje foi decidido que os aviões do exército russo deverão alvejar os camiões-cisterna que transportam produtos petrolíferos numa zona controlada pelo EI", anunciou, citado pela agência noticiosa Interfax.

O general não precisou o modo de operação dos aviões russos, a sua altitude durante os ataques ou os meios para reconhecer um camião-cisterna que pertença aos 'jihadistas' do EI.

O comando da operação militar russa na Síria indicou que os seus aviões de combate já "destruíram" 500 camiões-cisterna, sem precisar a que que grupos "terroristas" -- EI ou outras organizações 'jihadistas' -- pertenciam os veículos.

A destruição destes camiões-cisterna ocorreu "nos últimos dias" antes de ser tomada a decisão de "disparar à vista" sobre estes alvos, acrescentou.

"Nos últimos anos, e nos territórios que controlam, o EI e outros grupos extremistas estabeleceram o que designamos por 'oleoduto rolante'", declarou o militar, ao sugerir que estes camiões-cisterna já transportaram milhares de toneladas de petróleo para as refinarias situadas no Iraque, que partilha uma fronteira comum com a Síria a leste.

O grupo EI controla a maioria dos campos petrolíferos na Síria, em particular na província de Deir Ezzor, com os camiões-cisterna e zonas de aprovisionamento a garantirem importantes fontes de rendimento ao grupo 'jihadista'.

Um estudo publicado em outubro pelo diário norte-americano Financial Times calculava que o contrabando de petróleo garantia aos 'jihadistas' 1,5 milhões de dólares diários (1,4 milhões de euros), e quando o preço médio estava estabelecido a 45 dólares o barril.

Na segunda-feira, o Pentágono tinha anunciado a destruição pela coligação conduzida pelos Estados Unidos de 116 camiões-cisternas utilizados pelo EI perto de Boukamal, localidade na posse do grupo 'jihadista' junto à fronteira com o Iraque.

Lusa

  • "Quem não deve não teme"

    Football Leaks

    O futebolista português Cristiano Ronaldo, questionado sobre a sua alegada fuga ao fisco veiculada pela investigação "Football Leaks", disse que "quem não deve não teme", numa reação difundida esta quinta-feira pela rádio espanhola Onda Cero.

  • Hospitais já registam picos de afluência apesar de casos de gripe serem ainda poucos
    2:13

    País

    A gripe ainda não chegou em força, mas nos últimos dias foram vários os hospitais com grande afluências de doentes, sobretudo idosos e com infeções respiratórias. Em alguns dias desta semana o número de doentes disparou para mais de 600, como disse à SIC o presidente do Conselho de Administração do Centro Hospitalar Universitário de Coimbra.

  • Cerca de 150 civis doentes retirados de Alepo

    Mundo

    Cerca de 150 civis, a maioria doentes ou deficientes, foram retirados na noite de quarta-feira para quinta-feira de um centro de saúde de Aleppo, na parte mais antiga da cidade tomada pelo exército sírio, anunciou a Cruz Vermelha internacional.