sicnot

Perfil

Mundo

Sismo de magnitude 6,8 abala Ilhas Salomão

Um sismo de magnitude 6,8 abalou hoje, ao final da tarde, as Ilhas Salomão, no Pacífico, revelou o serviço de geofísica norte-americano US Geological Survey, mas não foi emitido qualquer alerta de tsunami.

O abalo, com uma profundidade de 10,82 quilómetros, fez-se sentir 119 quilómetros a sudoeste de Dadali, nas Ilhas Salomão, no Pacífico, às 02:31 locais (18:31 de Lisboa).

O Centro de Alertas de Tsunami do Pacífico, com sede no Havai, informou que não há nenhum aviso de maremoto para este sismo.

As Ilhas Salomão situam-se no denominado Anel de Fogo do Pacífico, uma região de atividade sísmica frequente devido a choques entre as placas continentais.

Um terramoto de 6,0 graus atingiu as Ilhas Salomão em setembro, mas não causou danos nem houve alertas de tsunami.

Em 2013, as Ilhas Salomão foram atingidas por um tsunami após um sismo com 8,0 graus de magnitude que causou pelo menos 10 mortos e milhares de desalojados.

Lusa

  • Os apelos de Marcelo para a reforma do Estado
    1:36

    País

    O Presidente da República lamentou este sábado que o consenso para uma reforma do Estado seja um sonho adiado. No enceramento do congresso "Portugal no Futuro", Marcelo Rebelo de Sousa apelou a entendimentos em áreas estratégicas e defendeu que é preciso passar as palavras à ação, o quanto antes.

    Débora Henriques

  • Tragédia de Vila Nova da Rainha foi há uma semana
    7:18
  • Escutas da Operação Marquês "não podem servir de prova"
    1:36

    Operação Marquês

    As defesas de José Sócrates e de Ricardo Salgado queixam-se que as escutas do processo Marquês estão infetadas por um vírus informático. Os advogados dizem que tal como estão as escutas não podem servir de prova. No entanto, o Ministério Público diz que estão reunidas as condições para começar a contar o prazo para a abertura de instrução.

    Luís Garriapa

  • Saco azul do BES pagou a 106 pessoas e 96 avenças ocultas
    2:21

    Economia

    Pelo menos 106 pessoas receberam dinheiro da Espírito Santo Enterprises, a companhia offshore criada nas Ilhas Virgens Britânicas e que terá funcionado como um gigantesco saco azul do Grupo Espírito Santo. O jornal Expresso revelou os primeiros vinte nomes da lista, entre os quais estão Zeinal Bava, antigo CEO da PT, e Manuel Pinho, ex-ministro da economia do Governo de José Sócrates.

  • Doze meses de polémicas, ameaças e promessas
    3:52