sicnot

Perfil

Mundo

Descobertas fissuras num reator nuclear na Escócia

Várias fissuras foram descobertas nos tijolos de carbono que compõem o núcleo do reator nuclear da central de Hunterston B na Escócia, anunciou hoje o operador da central, a elétrica estatal francesa EDF.

© Russell Cheyne / Reuters

A EDF afirmou que as fissuras não representam "consequências ao nível da segurança" e que o reator poderá continuar a funcionar de forma normal.

As fissuras foram encontradas em três dos 6.000 tijolos de carbono existentes no núcleo do reator durante uma inspeção regular.

Segundo a EDF, estas fissuras poderão estar relacionadas com a idade do reator da central de Hunterston, que conta com dois reatores.

"Estes resultados foram antecipados e confirmam a nossa estimativa de fixar a duração limite [da central Hunterston B) até 2023", acrescentou a elétrica francesa.

A funcionar desde 1976, esta central era para ter sido inicialmente encerrada em 2011. A infraestrutura acabou por ser submetida a trabalhos de melhoramento para prolongar a sua atividade.

A elétrica francesa acrescentou que comunicou a existência destas fissuras por motivos "de abertura e de transparência".

Lusa

  • O percurso dos rendimentos de Ronaldo
    3:43

    Football Leaks

    O Ministério das Finanças espanhol abriu uma investigação a Cristiano Ronaldo, por eventuais irregularides na declaração dos rendimentos da publicidade. A Gestifute, empresa do agente do avançado do Real Madrid, garante que Ronaldo tem os impostos em dia. A investigação aos documentos extraídos da plataforma informática Football Leaks, liderada pela revista alemã Der Spiegel, e da qual faz parte o jornal Expresso, conseguiu traçar o percurso dos rendimentos do melhor jogador do mundo.

  • Fábio Coentrão investigado por suspeita de delitos fiscais
    3:37

    Football Leaks

    O Ministério Público de Madrid acusou o defesa português Ricardo Carvalho de evasão fiscal e está a investigar Fábio Coentrão por eventuais delitos fiscais. Além dos dois portugueses a justiça acusou ainda o espanhol Xabi Alonso, o argentino Ángel Di María e investiga o colombiano Falcão. As investigações surgem depois da revelação do caso Football Leaks, investigada pelo Expresso e pelo consórcio europeu de jornalistas que tiveram acesso a milhões de documentos.