sicnot

Perfil

Mundo

Voo da Easyjet entre Manchester e Marraquexe evacuado após falsa ameaça de bomba

Um voo da companhia Easyjet que devia ligar Manchester a Marraquexe foi evacuado hoje, após um homem ter afirmado ter uma bomba dentro da mala, contou a polícia, que procedeu a duas detenções no âmbito do caso.

© Srdjan Zivulovic / Reuters

Dois homens, com idades entre 45 e 46 anos, foram detidos pela polícia de Manchester devido ao que se verificaria ser um falso alarme de bomba, tendo todos os passageiros do voo EZY1893 tido de abandonar o avião para que as autoridades procedessem às verificações de segurança.

No aeroporto de Manchester, "os passageiros e as suas bagagens foram submetidos a uma nova verificação antes de serem autorizados a regressar no avião", disse um porta-voz da polícia, acrescentando que "nenhum dispositivo explosivo" foi encontrado.

O voo EZY1893 viria a descolar pouco depois das 19:00, com três horas e meia de atraso.

Lusa

  • Fogo reaproxima-se do Parque Empresarial de Proença-a-Nova

    País

    Um reacendimento próximo do Parque Empresarial de Proença-a-Nova (PEPA) é esta quarta-feira à tarde a situação mais complicada do fogo que lavra no concelho e no local já estão concentrados meios de combate, disse à Lusa o presidente da Câmara.

  • Sócrates diz que Direita quis impedi-lo de candidatura presidencial

    País

    O ex-primeiro-ministro José Sócrates reiterou esta quarta-feira, em declarações aos correspondentes estrangeiros em Portugal, que o processo judicial em que está envolvido resulta de uma campanha orquestrada pela direita para evitar a sua candidatura a Presidente da República.

  • Marcelo lembra ditadura para deixar elogios à liberdade de imprensa e separação de poderes
    0:29
  • Dia dos Avós nasceu em Penafiel
    1:48

    País

    O Dia dos Avós, que hoje se assinala, nasceu por iniciativa de uma habitante de Penafiel. A data foi celebrada no parque da cidade, com centenas de avós.

  • Trump proíbe transgéneros no exército norte-americano

    Mundo

    O Presidente norte-americano, Donald Trump, anunciou esta quarta-feira que as pessoas transgénero não podem servir no exército dos Estados Unidos, justificando a decisão com os "custos médicos enormes" e as perturbações que tal situação envolve.

  • Oposição tenta travar eleição da nova Assembleia Constituinte na Venezuela
    2:14