sicnot

Perfil

Mundo

Ataques aéreos atingem posições do grupo Estado Islâmico no leste

Cerca de 50 ataques aéreos atingiram hoje a província oriental síria de Deir Ezzor, onde o grupo Estado Islâmico (EI) está ativo, afirmou o Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH) que se referiu a uma intensidade inédita.

(Arquivo)

(Arquivo)

Os ataques, "possivelmente russos", provocaram pelo menos oito mortos, assinalou a ONG sediada no Reino Unido e que possui uma vasta rede de fontes através da Síria.

"Foi a primeira vez que Deir Ezzor foi visada por ataques desta intensidade", indica o OSDH, precisando que dezenas de camiões-cisternas foram destruídos.

A coligação internacional anti-EI liderada pelos Estados Unidos referiu-se esta semana à destruição nos seus ataques aéreos de 116 camiões-cisternas utilizados pelo EI para o transporte de combustível. Os responsáveis desta coligação anunciaram recentemente que iriam privilegiar os ataques às "fontes de rendimento" do EI, que controla a maioria dos campos petrolíferos da Síria, em particular na província de Deir Ezzor.

Segundo um estudo publicado em outubro pelo diário Financial Times, o contrabando de petróleo garantirá a EI mais de mil milhões de euros diários, e quando o preço médio está fixado a 45 dólares o barril.

Para além da coligação internacional, envolvida na Síria desde há um ano, a Rússia começou a intervir setembro neste país em guerra, onde conduz uma campanha aérea contra grupos que combatem o regime do Presidente Bashar al-Assad, e em que se inclui o EI.

O ministro da Defesa russo, Serguei Choigou, anunciou hoje em declarações às televisões do país que a marinha russa no Mar Cáspio lançou "mísseis de cruzeiro sobre Deir Ezzor matando mais de 600 militantes islamitas", mas sem precisar a data.

A província de Deir Ezzor está em grande parte na posse do EI -- a outra parte é controlada pelo regime --, que desde há um ano tenta conquistar o aeroporto e a totalidade da capital, com o mesmo nome.

Ainda segundo a OSDH, membros do EI conseguiram hoje penetrar no aeroporto, enquanto os combates se intensificavam no exterior do edifício, com um balanço de pelo menos 30 mortos, incluindo 22 'jihadistas'.

Lusa

  • Avião cruza-se com drone a 900 metros de altitude
    2:01
  • Depois do Fogo
    23:30
  • "A culpa morre sozinha?"
    0:41

    Opinião

    Luís Marques Mendes não acredita que o Ministério Público não formule uma acusação de homicídio por negligência e que não haja demissões na sequência do incêndio de Pedrógão Grande. O comentador da SIC debateu o tema este domingo no Jornal da Noite da SIC.

    Luís Marques Mendes

  • Naufrágio na Colômbia registado em vídeo
    2:11
  • Pagar IMI a prestações e um Documento Único Automóvel mais pequeno

    País

    O programa Simplex + 2017 é apresentado hoje à tarde e recebeu mais de 250 propostas de cidadãos ao longo dos últimos meses. As novas medidas preveem o pagamento em prestações do Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI) e a criação de um simulador de custos da Justiça, que devem estar em vigor no próximo ano.

  • O último adeus a Miguel Beleza

    País

    O velório do economista e ex-ministro das Finanças realiza-se esta segunda-feira na Igreja do Campo Grande, em Lisboa, a partir das 18h00.

  • Trump quebra tradição da Casa Branca com 20 anos

    Mundo

    Donald Trump decidiu não fazer um jantar de celebração pelo fim do Ramadão, o mês em que os muçulmanos cumprem jejum entre o nascer e o pôr do sol. O Presidente dos Estados Unidos quebrou a tradição da Casa Branca, pela primeira vez em 20 anos.