sicnot

Perfil

Mundo

Pelo menos três reféns mortos durante operação das forças especiais em hotel de Bamako

Pelo menos três reféns mortos durante operação das forças especiais em hotel de Bamako

Um grupo armado atacou um hotel em Bamako, capital do Mali, e fez 170 reféns entre os hóspedes e funcionários. Pelo menos 3 reféns foram mortos. As forças especiais do Mali e os capacetes azuis das Nações Unidas entraram nas instalações e conseguiram libertar 80 reféns. Testemunhas relataram uma intensa troca de tiros desde o início do assalto ao hotel.

  • Três mortos em hotel de Bamako, 80 reféns terão sido libertados

    Mundo

    Homens armados tomaram de assalto o Hotel Radisson no centro de Bamako, capital do Mali. Segundo informação avaçada pela AFP, o hotel terá sito tomado por jihadistas que fizeram 170 reféns. Entre dois a quatro homens com armas automáticas ocuparam o hotel. Testemunhas no exterior ouviram tiros e a polícia montou de imediato um perímetro de segurança. Mais tarde, forças especiais entraram no hotel e no decorrer desta operação terão morrido pelo menos três reféns e 80 terão sido libertados.

  • Detidos suspeitos de atentado a tiro no Mali

    Mundo

    Os dois suspeitos detidos pela autoria do atentado a tiro ocorrido no sábado em Bamako (Mali), que causou cinco mortos, são criminosos de delito comum daquele país e não terroristas, indicou hoje um porta-voz da polícia local

  • Polícias ameaçam com protestos no arranque do campeonato
    1:24

    País

    Os agentes da PSP ameaçam boicotar a presença nos jogos do campeonato da Primeira e Segunda ligas que começam em 15 dias. Os agentes colocam em causa o atual modelo de policiamento no futebol, que faz com que muitos dos profissionais da PSP trabalhem sem remuneração em dia de folga.

  • 700 milhões para armamento e equipamento militar
    1:16

    País

    Portugal vai investir nos próximos anos 700 milhões de euros em armas e equipamento militar. Segundo a imprensa de hoje, o objetivo é colocar algumas áreas das Forças Armadas a um nível similar ao dos outros aliados da NATO. É o maior volume de programas de aquisição dos últimos anos e parte das verbas vão beneficiar a indústria portuguesa que fabrica aviões, navios-patrulha, rádios e sistemas de comando e controlo.

  • Princesa Diana morreu há 20 anos. Filhos falam pela 1ª vez da intimidade
    1:15