sicnot

Perfil

Mundo

Aviação russa lançou quase meio milhar de ataques contra terroristas

Aviões russos lançaram, no fim de semana, um total de 472 ataques contra instalações de grupos terroristas que atuam na Síria, informou hoje o Ministério da Defesa russo.

© Alaa Faqir / Reuters

"Aviões das Forças da Rússia realizaram 141 missões de combate e atacaram 472 instalações dos terroristas nas províncias de Alepo, Damasco, Idleb, Latakia, Homs, Raqqa e Deir al Zur", declarou o porta-voz da Defesa, o general Igor Konashenkov.

Segundo o mesmo responsável, todos os aparelhos que participaram nas operações do fim de semana regressaram em segurança à base síria de Jmeimim, onde se encontra destacado o grupo aéreo russo.

O Presidente russo, Vladimir Putin, ordenou na terça-feira da semana passada ataques massivos contra o Estado Islâmico (EI), depois de ser conhecido que o despenhamento de um avião russo com 224 pessoas a bordo, em finais de outubro passado, no Egito, foi resultado de um atentado perpretrado pelos 'jihadistas' do estado Islâmico.

O EI publicou fotografias do suposto artefacto explosivo fabricado com uma lata de um refrigerante e anunciou que a Rússia se converteu num alvo prioritário dos seus ataques, depois de o Kremlin ter decidido intervir militarmente na Síria.

Depois dos atentados de Paris, Putin acordou coordenar as ações militares na Síria, juntamente com a França, cujo Presidente, François Hollande, visita Moscovo na próxima quinta-feira.

  • PSD e CDS assinalam 36º aniversário da morte de Francisco Sá Carneiro
    1:38

    País

    O presidente do PSD deixou críticas ao Partido Comunista, este domingo, a propósito do aniversário da morte de Francisco Sá Carneiro. Pedro Passos Coelho lembrou os festejos dos comunistas na altura, numa resposta a quem questionou a abstenção dos sociais-democratas ao voto de pesar a Fidel Castro, que o PCP levou ao Parlamento. Este domingo, tanto o PSD como o CDS-PP prestaram homenagem a Sá Carneiro e Adelino Amaro da Costa.