sicnot

Perfil

Mundo

Líder dos rebeldes turcomanos confirma morte dos dois pilotos russos

Um líder militar dos rebeldes turcomanos que lutam na região síria onde caiu o caça russo hoje abatido pela Turquia confirmou a morte dos dois pilotos do aparelho.

Imagem retirada de um vídeo da Haberturk TV com um caça russo em chamas depois de atingido pela Turquia.

Imagem retirada de um vídeo da Haberturk TV com um caça russo em chamas depois de atingido pela Turquia.

Haberturk TV / AP

"Disparámos contra os dois pilotos quando desciam de paraquedas", assegurou o subcomandante Alpaslan Celik, citado pela estação turca CNNTurk.

Fontes locais citadas pelo mesmo canal tinham relatado anteriormente que um dos pilotos tinha morrido e que o outro tinha sido capturado pelos rebeldes sírios turcomanos.

A Turquia anunciou hoje que dois dos seus caça-bombardeiros F-16 abateram um SU-24 russo que violou o espaço aéreo turco dez vezes num período de cinco minutos ao longo da fronteira com a Síria, ignorando todas as advertências.

Os rebeldes turcomanos, uma minoria síria que fala turco, lutam contra as forças do regime do Presidente sírio, Bashar al-Assad, e contam com o apoio de Ancara.

Lusa

  • Criança de 2 anos desaparecida em Sintra

    País

    As autoridades estão este domingo a fazer buscas na zona do bairro de Santa Marta, em Casal de Cambra, Sintra, na sequência do alerta do desaparecimento de uma criança de dois anos, segundo fonte da PSP.