sicnot

Perfil

Mundo

Sequestro em vila francesa chega ao fim

O sequestro que alarmou esta terça-feira, mais uma vez, os franceses, na vila de Roubaix, no noroeste do país, chegou ao fim. O incidente, no entanto, nada teve a ver com os atentados terroristas em Paris.

No seguimento do cerco das autoridades, dois dos reféns terão conseguido escapar e um dos suspeitos terá sido detido. Em torno do local do ataque, as autoridades montaram um perímetro de segurança.

No seguimento do cerco das autoridades, dois dos reféns terão conseguido escapar e um dos suspeitos terá sido detido. Em torno do local do ataque, as autoridades montaram um perímetro de segurança.

© Pascal Rossignol / Reuters

A polícia foi esta noite chamada a um prédio de habitação, na cidade de Roubaix, no norte do país, onde um ou vários homens armados fizeram reféns quatro pessoas, uma das quais responsável por uma agência bancária.

Os primeiros relatos davam conta de vários feridos, na sequência de um tiroteio entre os atacantes e a polícia. Nenhuma fonte oficial confirmou, no entanto, a existência de vítimas.

No seguimento do cerco das autoridades, dois dos reféns terão conseguido escapar e um dos suspeitos terá sido detido. Em torno do local do ataque, as autoridades montaram um perímetro de segurança.

Por volta das 21:00, responsáveis locais anunciaram apenas que todos os reféns estavam em segurança e que o sequestrador havia sido abatido pela polícia.

  • 10 Minutos com Eurico Reis
    11:20

    10 Minutos

    Há quatro meses que Portugal é um dos poucos países europeus onde é possível recorrer à gestação de substituição. E há já um casal que teve luz verde para começar os tratamentos. Para um balanço, foi nosso convidado Eurico Reis, juiz desembargador e presidente do Conselho Nacional de Procriação Medicamente Assistida, a entidade que autoriza os processos de gestação de substituição.

    Entrevista completa

  • Parlamento discute utilização de animais no circo
    2:01
  • Seis meses depois da tragédia de Pedrógão Grande
    5:55

    Tragédia em Pedrógão Grande

    Assinalou-se este domingo meio ano desde que o país ficou em choque com o rasto de morte e destruição causado pelos incêndios florestais na região centro. A tragédia de Pedrogão Grande foi há precisamente seis meses. Enquanto segue a reconstrução no tempo possível e com o Natal à porta, a vida prossegue, mas não voltará a ser mesma.

  • A inédita entrevista do príncipe Harry a Barack Obama
    0:47

    Mundo

    Foi divulgado um vídeo pouco habitual em que aparece o príncipe Harry a entrevistar Barack Obama para um programa de rádio. A conversa foi gravada em setembro, durante um evento desportivo para militares com deficiência, e será transmitida na íntegra no dia 27 de dezembro.