sicnot

Perfil

Mundo

Cerca de 200 mil civis bloqueados no Iémen devido a combates

Cerca de 200 mil civis estão bloqueados em Taez, no sudoeste do Iemen, devido aos combates entre as forças governamentais e os rebeldes xiitas houthis, lamentou esta terça-feira a ONU.

© Khaled Abdullah / Reuters

Segundo o chefe das operações humanitárias da Organização das Nações Unidas, Stephen O'Brien, estes civis "vivem como num cerco e têm carências cruéis de água, alimentação e medicamentos".

Em comunicado, acusou os rebeldes houthis de "bloquear as rotas de aprovisionamento e continuar a impedir a entrega de ajuda humanitária", da qual os habitantes da cidade têm uma necessidade urgente.

Os bairros de habitação e as instalações médicas em torno de Taez estão a ser "bombardeados continuamente por tiros de obuses", acrescentou. Os hospitais de Taez estão sobrecarregados de feridos e com falta de pessoal.

Apesar dos esforços das agências humanitárias, as colunas de veículos permanecem bloqueados nos pontos de controlo e o acesso humanitário "muito limitado".

"Estou muito inquieto com as informações sobre os desvios de abastecimentos humanitários destinados aos habitantes de Taez", declarou O'Brien.

No passado dia 16, as forças pró-governamentais lançaram uma ofensiva para romper o cerco a Taez, capital da província homónima, e reconquistar o conjunto da província.

Os houthis destruíram numerosas pontes para impedir as tropas governamentais de avançar para a cidade, indicaram hoje fontes militares.

A aviação da coligação árabe, liderada pela Arábia Saudita, que apoia o governo iemenita, lançou na segunda-feira uma série de ataques às posições rebeldes no setor.

Os houthis entraram em guerra em 2014 contra o poder central e continuam a controlar as províncias do norte e a capital, Sanaa. Em julho, foram expulsos de cinco províncias do sul, entre as quais a de Aden.

Desde a intervenção em março de uma coligação militar árabe em apoio do Presidente Abd Rabbo Mansour Hadi que o conflito fez mais de 5.700 mortos, dos quais mais de 2.700 civis, segundo a ONU.

Lusa

  • Agência Europeia do Medicamento fica em Amesterdão

    Mundo

    Amesterdão ganhou esta segunda-feira a corrida para sede da Agência Europeia do Medicamento (EMA), a votação decorreu na reunião do Conselho de Assuntos Gerais da União Europeia. A cidade do Porto conseguiu 10 pontos, a par de Atenas e foi eliminada logo na primeira volta.

    Em atualização

  • Nascentes do Douro e Tejo estão praticamente secas
    2:55
  • "Para ele, um 'não' não foi suficiente"
    3:39
  • "Diálogos" de Catarina Neves duplamente premiado no festival Muvi
    2:12
  • Isabel II e Filipe de Edimburgo celebram 70 anos de casamento
    0:44

    Mundo

    A rainha Isabel II de Inglaterra e Filipe de Edimburgo celebram hoje 70 anos de casamento. Em dia de comemoração, o Palácio de Buckingham divulgou novas fotografias do casal cuja união é a mais duradora dentro das casas reais. Isabel casou com 21 anos. Seis anos depois foi coroada rainha por ocasião da morte do pai. A rainha e o marido têm quatro filhos, entre eles o herdeiro ao trono, Carlos, oito netos e cinco bisnetos.

  • Um negócio familiar destruído pelas chamas
    8:36