sicnot

Perfil

Mundo

Cerca de 200 mil civis bloqueados no Iémen devido a combates

Cerca de 200 mil civis estão bloqueados em Taez, no sudoeste do Iemen, devido aos combates entre as forças governamentais e os rebeldes xiitas houthis, lamentou esta terça-feira a ONU.

© Khaled Abdullah / Reuters

Segundo o chefe das operações humanitárias da Organização das Nações Unidas, Stephen O'Brien, estes civis "vivem como num cerco e têm carências cruéis de água, alimentação e medicamentos".

Em comunicado, acusou os rebeldes houthis de "bloquear as rotas de aprovisionamento e continuar a impedir a entrega de ajuda humanitária", da qual os habitantes da cidade têm uma necessidade urgente.

Os bairros de habitação e as instalações médicas em torno de Taez estão a ser "bombardeados continuamente por tiros de obuses", acrescentou. Os hospitais de Taez estão sobrecarregados de feridos e com falta de pessoal.

Apesar dos esforços das agências humanitárias, as colunas de veículos permanecem bloqueados nos pontos de controlo e o acesso humanitário "muito limitado".

"Estou muito inquieto com as informações sobre os desvios de abastecimentos humanitários destinados aos habitantes de Taez", declarou O'Brien.

No passado dia 16, as forças pró-governamentais lançaram uma ofensiva para romper o cerco a Taez, capital da província homónima, e reconquistar o conjunto da província.

Os houthis destruíram numerosas pontes para impedir as tropas governamentais de avançar para a cidade, indicaram hoje fontes militares.

A aviação da coligação árabe, liderada pela Arábia Saudita, que apoia o governo iemenita, lançou na segunda-feira uma série de ataques às posições rebeldes no setor.

Os houthis entraram em guerra em 2014 contra o poder central e continuam a controlar as províncias do norte e a capital, Sanaa. Em julho, foram expulsos de cinco províncias do sul, entre as quais a de Aden.

Desde a intervenção em março de uma coligação militar árabe em apoio do Presidente Abd Rabbo Mansour Hadi que o conflito fez mais de 5.700 mortos, dos quais mais de 2.700 civis, segundo a ONU.

Lusa

  • "Sempre nos disseram que bastava o Aves ganhar para estar na Liga Europa"
    0:34

    Desporto

    O Presidente da SAD do Desportivo das Aves garante que não houve esquecimento ou atraso na inscrição do clube na Liga Europa. Luiz Andrade afirma que sempre lhe disseram que bastava vencer a Taça de Portugal para marcar presença na competição e que ainda não sabe se o clube pode ou não jogar a fase de grupos da competição europeia.

  • "Fui violada por Harvey Weinstein aqui em Cannes"
    1:02

    Cultura

    A cerimónia de encerramento do Festival de Cinema de Cannes ficou ainda marcada pelo discurso de Asia Argento. A atriz italiana que acusou Harvey Weinstein de a ter violado justamente numa das edições do festival de Cannes, e que há mais abusadores à solta.

  • As primeiras imagens das quatro crias da lince Malva
    0:20
  • Exército sírio declara Damasco "totalmente segura"

    Mundo

    O exército sírio proclamou esta segunda-feira a capital Damasco e também os arredores, como locais "totalmente seguros". O anúncio foi feito em clima de festa, depois de os militares terem reconquistado os bairros do sul da cidade, até agora nas mãos do Daesh.