sicnot

Perfil

Mundo

Declarado estado de emergência na Tunísia e recolher obrigatório em Tunes

Declarado estado de emergência na Tunísia e recolher obrigatório em Tunes

Foi declarado o estado de emergência e recolher obrigatório em Tunes, capital da Tunisia .Um atentado contra um autocarro da guarda presidencial fez 13 mortos e 20 feridos.

A Presidência da Tunísia anunciou esta noite a instauração do estado de emergência no país e a imposição do recolher obrigatório na área metropolitana de Tunes, a capital.

O chefe de Estado Béji Caid Essebsi proclamou a medida na sequência do atentado contra um autocarro da segurança presidencial e que provocou 12 mortos.

"Atendendo a este acontecimento doloroso, esta enorme tragédia (...) proclamo nos termos da lei o estado de emergência por 30 dias e um recolher obrigatório na área metropolitana de Tunes a partir das 21:00 até às 05:00 [entre as 20:00 até às 04:00, hora de Lisboa]", declarou Béji Caid Essebsi num breve discurso transmitido pela televisão.

O porta-voz da Presidência, Moez Sinaoui, precisou à agência noticiosa francesa AFP que o cessar-fogo estará em vigor "até nova ordem".

Pelo menos 12 agentes da segurança presidencial foram mortos e 20 ficaram feridos -- um balanço oficial provisório -- numa explosão que atingiu o veículo em pleno centro da capital, um atentado "terrorista" segundo as autoridades.

A Tunísia tinha suspendido no início de outubro o estado de emergência imposto alguns dias após o atentado que provocou 38 mortos, todos turistas estrangeiros, em 26 de junho num hotel à beira-mar perto de Sousse.

Os tunisinos já tinham sido submetidos à medida há três anos, de 14 de janeiro de 2011, algumas horas antes da fuga do ditador Zine El Abidine Ben Ali, a março de 2014.

Esta medida de exceção permitiu designadamente às autoridades proibir as greves e reuniões "que pudessem provocar ou conduzir à desordem", encerrar provisoriamente salas de espetáculos" e outros locais públicos e ainda "adotar todas as medidas para assegurar o controlo dos media e as publicações que qualquer natureza".

Com Lusa

  • Marcelo saúda "forma rápida" como Conselho de Ministros "tratou de tudo"
    1:03

    País

    O Presidente da República lembra que é preciso convergência de forma a adotar rapidamente as medidas mais urgentes do plano de emergência. No concelho de Tábua, Marcelo Rebelo de Sousa destacou ainda os esforços do Conselho de Ministros, mas lembrou que as medidas anunciadas são apenas o início de um processo e não o fim.

  • TAP recruta mais assistentes de bordo
    2:40

    Economia

    A TAP assegura que, até ao final de outubro, os problemas com falta de tripulação vão terminar. Até ao final do ano vão ser contratados novos assistentes de bordo, mas o sindicato diz que não chega.

  • "Um ataque e uma humilhação contra o povo catalão"
    1:35