sicnot

Perfil

Mundo

Diplomata russo diz que segundo piloto de avião abatido foi resgatado pelo exército sírio

O segundo piloto do avião militar russo abatido na terça-feira pela aviação da Turquia "foi recuperado pelo exército sírio", revelou hoje o embaixador da Rússia em França.

Sukhoi Su-24

Sukhoi Su-24

© Shamil Zhumatov / Reuters

"Conseguiu escapar e, de acordo com as últimas informações de que dispomos, foi resgatado pelo exército sírio e será levado para a base aérea russa", declarou hoje o diplomata Alexandre Orlov, à rádio francesa Europe 1.

O outro piloto do SU-24 russo, que se despenhou no extremo noroeste da Síria, morreu.

Dois caças-bombardeiros F-16 abateram um SU-24 russo por este ter violado o espaço aéreo turco dez vezes num período de cinco minutos, ao longo da fronteira com a Síria, ignorando todas as advertências.

Versão diferente apresentou o Presidente da Rússia, Vladimir Putin, que assegurou que o SU-24 não ameaçava a Turquia e que sobrevoava território sírio, a quatro quilómetros da fronteira, advertindo que aquilo a que chamou de "facada nas costas" vai ter "consequências sérias" nas relações diplomáticas entre os dois países.

Lusa

  • Marcelo de volta a casa após diagnóstico de gastroenterite aguda
    3:37
  • "Todas as decisões que tomei foi sempre a pensar no Sporting primeiro"
    2:08
  • Saransk tanto anseia por Ronaldo que até lhe fizeram um vídeo e uma música
    3:07
  • Portugal quer atrair imigrantes
    1:28

    País

    O Governo prepara-se para regularizar a situação de 30 mil imigrantes ilegais que vivem em Portugal. De acordo com a edição deste sábado do semanário Expresso, o Executivo pretende também abrir portas a 75 mil novos imigrantes por ano.