sicnot

Perfil

Mundo

Humorista francês Dieudonné condenado na Bélgica por antissemitismo

O humorista francês Dieudonné foi hoje condenado a dois meses de prisão efetiva e uma multa de 9.000 euros, por antissemitismo e incitação ao ódio, anunciou um advogado que representava as organizações judaicas da Bélgica.

Reuters

De acordo com o advogado Eric Lemmens, o tribunal correcional de Liège considerou provadas todas as acusações imputadas a Dieudonné Mbala Mbala, que, num espetáculo dado em março de 2012 na zona de Liège, perante mais de um milhar de pessoas, e gravado pela polícia, proferiu uma série de declarações consideradas discriminatórias, antissemitas e negacionistas, bem como de incitação ao ódio e à violência.

Dieudonné foi ainda condenado a pagar a publicação da sentença do tribunal em dois dos principais jornais belgas francófonos, o "Le Soir" e o "La Libre Belgique".

A carreira de Dieudonné tem sido marcada pela polémica, face a muitas intervenções julgadas antissemitas.

  • Universidade de Aveiro quer estudar cachalote-pigmeu que deu à costa em Lisboa

    País

    Um cachalote-pigmeu com dois metros de comprimento deu hoje à costa em Lisboa. O animal ainda estava vivo quando foi dado o alerta para o Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas, mas morreu pouco tempo depois. O Laboratório para a Inovação e Sustentabilidade dos Recursos Biológicos Marinhos da Universidade de Aveiro quer perceber porque razão o animal apareceu tão perto da costa.

  • Governo lança linha de crédito de 100 M€ para empresas situadas no interior

    País

    As políticas de valorização do interior, tema escolhido pelo primeiro-ministro, António Costa, abriram o debate quinzenal na Assembleia da República. O primeiro-ministro anunciou que o Governo vai lançar uma linha de crédito de 100 milhões de euros destinada exclusivamente a pequenas e microempresas empresas situadas no interior, a par da reprogramação do Portugal 20/20.

    Direto

  • PSD compara SNS a um "cenário de guerra", Centeno desdramatiza
    2:44

    Economia

    O ministro das Finanças esteve esta amanhã no Parlamento e voltou a não comprometer-se com aumentos salariais na função pública no próximo ano. Deu mesmo a entender que a medida não é prioritária. A discussão passou também pelo Serviço Nacional de Saúde. Centeno desdramatizou as carências mas o PSD comparou o que s passa a um cenário de guerra.

  • Governo lança linha de crédito de 100 M€ para empresas situadas no interior

    País

    As políticas de valorização do interior, tema escolhido pelo primeiro-ministro, António Costa, abriram o debate quinzenal na Assembleia da República. O primeiro-ministro anunciou que o Governo vai lançar uma linha de crédito de 100 milhões de euros destinada exclusivamente a pequenas e microempresas empresas situadas no interior, a par da reprogramação do Portugal 20/20.

    Direto

  • 14 sacerdotes suspensos por abusos sexuais no Chile

    Mundo

    A diocese da cidade chilena de Rancagua anunciou na terça-feira a suspensão de 14 sacerdotes implicados num novo escândalo de abusos sexuais sobre jovens e menores. Todos eles pertenciam a um grupo de se autointitulou de "La Familia", segundo a investigação jornalística.