sicnot

Perfil

Mundo

Implosão de antiga chaminé nos EUA quase acabou em tragédia

Implosão de antiga chaminé nos EUA quase acabou em tragédia

A implosão de uma antiga chaminé no estado norte-americano do Alabama podia ter corrido muito mal. As primeiras duas tentativas para derrubar a construção, de 54 metros de altura, falharam. Os responsáveis pela operação decidiram assim recorrer à ajuda de uma retroescavadora para derrubar os tijolos que faltavam. Quando finalmente a chaminé começou a ruir, aconteceu o imprevisível. Os engenheiros que calcularam a implosão subestimaram o tamanho da base e a estrutura caiu sobre o veículo. Por sorte, o condutor não ficou ferido.

  • Universidade norte-americana leiloou implosão de edifício
    0:35

    Mundo

    Uma universidade do estado norte-americano do Michigan lançou na internet um leilão insólito, para implodir um edificio de 17 andares. O vencedor pagou cerca de 6.500 euros e teve direito a acionar a detonação. O prédio com mais de 40 anos veio ontem abaixo na cidade de Detroit. No total, a universidade arrecadou 10 mil euros no leilão virtual, que vão ser agora aplicados num programa escolar.

  • O momento da implosão de um casino histórico de Las Vegas
    1:24

    Mundo

    A cidade do jogo, Las Vegas, tem desde esta terça-feira menos um casino. O Clarion Hotel e Casino foi implodido logo ao início do dia. Eram cerca das 2:00 quando o edificio de 12 andares caiu como um castelo de cartas. O hotel e casino de 200 quartos tinha aberto portas em 1970 e, desde então, teve vários nomes. Foi o 13º casino a ser implodido em Las Vegas. O último tinha sido o New Frontier, em 2007.

  • Prisão preventiva para marroquino suspeito de apoiar o Daesh

    País

    O juiz do Tribunal Central de Instrução Criminal impôs esta quinta-feira prisão preventiva ao cidadão marroquino, detido na Alemanha e entregue a Portugal, suspeito de adesão e apoio ao grupo extremista Daesh e recrutamento e financiamento ao terrorismo.

  • "A isto chama-se pura hipocrisia"
    1:13

    Caso CGD

    Pedro Passos Coelho classifica a atuação do Governo na gestão da Caixa Geral de Depósitos como um "manual de cinismo político insuportável", declarações feitas pelo líder do PSD durante a reunião do Conselho Nacional em Lisboa.