sicnot

Perfil

Mundo

Investigadores japoneses descobrem em humanos uma proteína inibidora do VIH

Um grupo de investigadores do Instituto Nacional de Infeções do Japão descobriu que uma proteína encontrada em seres humanos tem efeitos inibidores sobre o Vírus da Imunodeficiência Humana (VIH), informa hoje a cadeia televisiva pública NHK.

reuters

Em concreto, as células nas quais se encontra este tipo de proteína -- denominada MARCH8 -- não infetam as células sãs, segundo as conclusões do grupo de investigadores.

Kenzo Tokunaga, um dos cientistas, espera que seja desenvolvido um medicamento que ajude o corpo humano a produzir esta proteína com a qual se podem tratar pacientes com VIH.

Esta descoberta poderia beneficiar os 36,9 milhões de portadores de VIH que existem em todo o mundo, a grande maioria em África, segundo dados do Programa Conjunto das Nações Unidas sobre o VIH/SIDA (ONUSIDA).

Na terça-feira, em Genebra, as Nações Unidas anunciaram que pretendem duplicar o número de pessoas infetadas com VIH/SIDA em tratamento antirretroviral até 2020, precisamente por atualmente pouco menos de metade das pessoas que vivem com VIH terem acesso a esse tipo de tratamento.

No próximo dia 01 de dezembro assinala-se o Dia Mundial de Luta contra a Sida.

  • Atores recriam cena em que um homem é vítima de violência doméstica
    1:35
  • Ministério Público admite eventual detenção do presidente do governo da Catalunha
    2:24
  • Bispo vermelho

    "Recebia trabalhadores e sindicalistas, batia à porta de políticos e empresários, andava pelas ruas da cidade ao encontro dos que das ruas da cidade faziam casa". Joaquim Franco evoca Manuel Martins, o "bispo vermelho".

    Joaquim Franco

  • Apreendidos quase 7.000 comprimidos ilegais vendidos pela internet
    1:43

    País

    O Infarmed e a Autoridade Tributária apreenderam perto de 7.000 unidades de comprimidos ilegais.A apreensão aconteceu no âmbito de uma operação internacional da Interpol de combate aos medicamentos ilegais vendidos pela internet, explicou à SIC Luís Sande e Castro, diretor da Unidade de Inpeção do Infarmed.

  • Passageiro detido com 1 kg de ouro no reto

    Mundo

    Os funcionários da alfândega do aeroporto de Colombo, Sri Lanka, estranharam o comportamento de um passageiro que "caminhava com dificuldade". Um exame completo revelou a valiosa carga que levava escondida... no tubo intestinal.