sicnot

Perfil

Mundo

ONU diz que medidas do Governo brasileiro e de mineradoras após rutura de barragem foram insuficientes

Especialistas das Nações Unidas em Direitos Humanos sobre meio ambiente e resíduos tóxicos afirmaram hoje que as medidas do Governo brasileiro e das empresas mineradoras responsáveis pela barragem que se rompeu em Minas Gerais foram "claramente insuficientes".

(arquivo)

(arquivo)

© Ricardo Moraes / Reuters

Duas barragens da empresa Samarco romperam-se na cidade de Mariana no passado dia 05, e a lama com resíduos da exploração de minério de ferro invadiu a localidade de Bento Rodrigues, destruindo casas e provocando mais de 20 mortos e desaparecidos.

A lama com os resíduos invadiu o rio Doce e chegou também a outras cidades de Minas Gerais e ao Estado do Espírito Santo, onde desaguou no mar e deixou um rastro de destruição, com a morte de peixes e afetando o abastecimento de água.

Os relatores especiais da ONU sobre direitos humanos John Knox, especialista em meio ambiente, e Baskut Tuncak, em substâncias perigosas, pediram que o Governo brasileiro e as empresas participadas da Samarco, a Vale e a BHP Biliton, adotem medidas para proteger o meio ambiente e as comunidades em risco de exposição aos resíduos tóxicos.

"Não é aceitável que tenha demorado três semanas para que informações sobre os riscos tóxicos da catástrofe da mina tenham vindo à tona", afirmaram os especialistas, em comunicado divulgado hoje pela ONU.

Os relatores disseram também que a rutura das barragens lançou no rio Doce 50 milhões de toneladas de resíduos de minério de ferro, com altos níveis de metais e produtos químicos tóxicos, e questionaram se as leis do Brasil são consistentes com os padrões internacionais de direitos humanos.

"Este desastre serve como mais um exemplo trágico do fracasso das empresas em conduzir adequadamente as diligências necessárias para prevenir violações de direitos humanos", disseram.

O Governo brasileiro divulgou hoje ter tomado todas as ações de emergência após a rutura das barragens, e que agora monitora a situação, em declarações à imprensa dos ministros Gilberto Occhi, da Integração Nacional, e Izabella Teixeira, do Meio Ambiente.

"O governo atuou por intermédio de uma 'task force' com todos os setores na busca de salvar pessoas e, num segundo momento, que até hoje permanece, na garantia do abastecimento de água às 15 cidades atingidas", disse Izabella Teixeira, ao programa Bom Dia Ministro, do Governo do país.

Lusa

  • Presidente da Proteção Civil demitiu-se

    País

    O Presidente da Autoridade Nacional da Proteção Civil (ANPC), Joaquim Leitão, pediu esta quarta-feira a demissão com efeitos imediatos. A carta de demissão foi enviada para o Ministério da Administração Interna, no entanto, uma vez que a ministra também se demitiu, o documento seguiu para o gabinete do primeiro-ministro, António Costa.

  • Casas de Luís Filipe Vieira e Pedro Guerra foram alvo de buscas
    2:39

    Desporto

    O caso dos emails levou esta quinta-feira a Polícia Judiciária a fazer buscas no Estádio da Luz e nas casas de Luís Filipe Vieira, o comentador Pedro Guerra e Paulo Gonçalves, o assessor jurídico do clube das águias. O advogado foi constituído arguido, mas só porque um advogado para ser alvo de buscas precisa de ser arguido.

  • Buscas no Benfica? "A Justiça está a funcionar"
    0:18

    Desporto

    Bruno de Carvalho reagiu esta quinta-feira às buscas efetuadas no Benfica. À saída de uma audiência no Ministério da Educação, o presidente do Sporting abordou o tema para dizer que é sinal de que a justiça está a funcionar.

  • Este foi provavelmente o melhor golo da noite de Liga Europa
    1:24
  • Vitória de Guimarães mais longe dos 16 avos de final
    1:48
  • O clube de amigos de António Costa

    Não me parece o melhor princípio político, mas percebo que António Costa queira ter junto de si, sobretudo em tempos difíceis, os mais próximos. Os homens de confiança pessoal e política. Em plena tempestade, o primeiro-ministro chamou dois amigos de longa data, ex-colegas da Faculdade de Direito, Eduardo Cabrita e Pedro Siza Vieira. E eles não disseram que não.

    Bernardo Ferrão

  • Quem está ao lado de Trump? Melania ou uma sósia?

    Mundo

    A especulação surgiu no Twitter: estaria Trump acompanhado de uma sósia de Melania para ocultar a ausência da mulher num evento oficial? A teoria da conspiração ganhou depois força nas redes sociais. Julgue por si mesmo.

    SIC

  • Norte-americano entrega-se após perder aposta com a polícia no Facebook

    Mundo

    Um jovem de 21 anos procurado pela polícia norte-americana entregou-se, esta segunda-feira, depois de perder uma aposta com a polícia, no Facebook. Michael Zaydel prometeu entregar-se se uma publicação sobre o seu desaparecimento chegasse às mil partilhas, na rede social. O jovem norte-americano prometeu ainda levar uma dúzia de donuts, caso os agentes da cidade de Redford conseguissem ganhar a aposta.

    SIC