sicnot

Perfil

Mundo

Polícias holandesa e australiana detêm centenas de pedófilos em operação conjunta

As polícias holandesa e australiana desmantelaram um dos maiores 'sites' de pornografia infantil no mundo e prenderam centenas de pessoas, noticiou hoje o diário holandês de referência De Volskrant, citado pela agência noticiosa AFP.

© Axel Schmidt / Reuters

A operação, que teve a ajuda do FBI e recebeu o nome de 'Kidslove', durava há 18 meses e originou 303 detenções em países como a Austrália, Colômbia e Coreia do Sul, avançou o diário holandês, que afirma ainda que "foram identificadas 106 vítimas, a maioria das quais com menos de 12 anos".

A polícia holandesa prendeu o chefe da rede de pornografia infantil em junho do ano passado na sua casa em Adelaide, na Austrália, e assumiu a sua identidade na internet, tendo conversado com outros pedófilos na rede TOR, uma plataforma informática que garante o anonimato na internet.

O site em questão tinha cerca de 360 mil imagens ilegais e mais de 45 mil assinantes, tendo cinco das 303 detenções até agora sido feitas na Holanda.

"A investigação continua", afirmou o diretor da investigação nos Países Baixos ao jornal holandês, prometendo que a polícia vai "continuar a caçar esses predadores".

Lusa

  • Atacantes de Barcelona "não estão a caminho da nossa fronteira"
    7:00

    Ataque em Barcelona

    O diretor da Unidade Nacional de Contraterrorismo da Polícia Judiciária esteve esta sexta-feira no Jornal da Noite para falar sobre o duplo atentado em Espanha. Luís Neves diz que o nível de ameaça em Portugal, perante os ataques, não foi alterado porque "não se detectou que tenha existido informação que possa colocar o nosso território em perigo".